Menu
Busca terça, 05 de julho de 2022
(67) 99647-9098
Prefeitura - Reviva Junho-julho22
Clima

Inverno 2022: O frio será 'tímido' com pouca possibilidade de chuva

Temperaturas baixas ficam previstas somente para o início do mês de julho

22 junho 2022 - 12h29Evelyn Thamaris

O inverno chegou e para decepção dos amantes do ‘friozão’ não deve bater recorde de baixas temperaturas. Seguindo as características mais comuns da estação, se manterá seco com umidade relativa do ar baixa e apesar da expectativa de ser um dos invernos mais rigorosos entre a população, a previsão indica queda na temperatura somente nos primeiros dias de julho.

Conforme o meteorologista Natálio Abrahão, dentre os aspectos que poderão ocorrer com frequência durante o período se destacam as inversões térmicas, causando nevoeiros e neblinas principalmente no início das manhãs. É importante atenção durante o fenômeno devido a redução da visibilidade a menos de 100 metros, podendo contribuir para a ocorrência de acidentes de trânsito.

Outro fator que deve receber atenção redobrada é a considerável queda no índice da umidade relativa do ar, podendo registrar valores abaixo de 20%, situação considerada nociva a saúde, principalmente para o sistema respiratório e ressecamento da pele.

A queimada é mais um inimigo a ser prevenido, já que o ambiente seco favorece a ocorrência de incêndios em áreas de vegetação, o que prejudica ainda mais a qualidade do ar.

Durante os 94 dias de inverno, as massas polares frias, fator que desencadeia o frio só deverá dar as caras em Mato Grosso do Sul nos primeiros 30 dias da estação.

“A redução dos volumes de chuva em condições de massas de ar seca, deixa os dias sem nuvens, céu claro, umidade relativa em estado de alerta, contribuindo para o aumento da poluição do ar”, relata o meteorologista.

Temperaturas

A temperatura do ar terá grande diferença entre a máxima e a mínima, apresentando amplitude térmica que pode e deve ultrapassar os 15°C. Em Campo Grande, Três Lagoas, Ribas do Rio Pardo, Água Clara, Aquidauana e Corumbá, alcançam valores elevados na temperatura, ficando acima dos 30° C.

Para a Capital ainda resta uma esperança de ‘frio de verdade’, com uma previsão de registrar mínima de 2 ° no próximo mês. No entanto as máximas para o mesmo mês devem atingir os 35°C.

Em Corumbá é esperado mínima de 10° e máxima de 36°C, Dourados aparece com mínima de 1° e máxima de 30°C. Ponta Porã, famosa pelo ‘frio dos invernos’, registra mínima de 0° no mês de julho.

Para agosto as mínimas e máximas sobem um pouco mais, com destaque para Três Lagoas que terá calor de 37°C.

JD1 No Celular

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Clima
Previsão indica tempo seco e calor de até 30°C na Capital
Clima
Semana começa quente e sem chuva em MS
Clima
Sem chuva, umidade relativa do ar permanece baixa neste domingo
Clima
Sábado será quente e seco em todo MS
Clima
Sem chuva, previsão é de calor e tempo seco em MS
Clima
Temperatura pode chegar a 28°C nesta quinta-feira
Clima
Nova frente fria se aproxima com nebulosidade e queda nas temperaturas
Clima
Terça-feira com tempo firme em todo Estado
Clima
Clima seco prevalece neste domingo na Capital
Clima
Previsão indica tempo seco e calorão nesta sexta-feira

Mais Lidas

Polícia
Mulher é socorrida seminua, suja e ensaguentada após assalto no Centenário
Polícia
Jovem morre engasgado com uva no Jardim Carioca
Interior
Comerciante de Coxim morre após sofrer grave acidente na BR-163
Geral
Leilão da Sefaz tem mais de 900 lotes com produtos como celulares e computadores