Menu
Busca terça, 28 de setembro de 2021
(67) 99647-9098
Gov - Estado que Cresce (set21)
Economia

Final de ano deve injetar R$ 378 milhões na economia de MS

Dados são de pesquisa realizada pela Fecomércio em parceria com o Sebrae do estado

29 novembro 2018 - 16h42Da redação com assessoria

As festas de fim de ano, Natal e Ano Novo, devem movimentar em torno de R$ 378 milhões na economia de Mato Grosso do Sul este ano, sendo R$ 225,17 milhões no período do Natal e R$153,15 milhões no Ano Novo. Os dados são da pesquisa sazonal do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio-MS (IPF-MS), realizada em parceria com o Sebrae-MS. 

Foram entrevistadas 2.502 pessoas em 15 municípios do Estado, de 22 de outubro a 14 de novembro, com nível de confiança de 95% e margem de erro que varia entre 5% e 8%. Dos gastos com o Natal, a pesquisa mostra um maior dinamismo financeiro para as comemorações em vista dos presentes. Serão R$ 130,94 milhões destinados às comemorações e R$ 94,23 mi às compras de presentes.

A pesquisa aponta ainda que houve aumento no número de pessoas que irão às compras e do gasto médio com presentes e comemorações, em relação a 2017. Eram 50,38% em 2017 e 61,63% neste ano. Já o gasto médio subiu de R$ 186,49 para R$ 213,89 este ano, um aumento de 14,69%.

Entre os que vão presentear, as preferências são as roupas (31,90%), brinquedos (19,87%) e calçados (15,19%). As compras ocorrerão na semana do evento (50,62%), em lojas do centro (72,80%). O dinheiro ainda será a forma de pagamento mais utilizada (63,12%) e os consumidores afirmam que levarão em conta o preço (27,02%), o produto (25,66%) e o atendimento (22,05%) da loja.

Os maiores gastos médios com presentes estão nos municípios de Chapadão do Sul (R$ 259,09), São Gabriel do Oeste e Coxim (R$ 235,00), e Naviraí (R$ 227,81). Já em relação às comemorações do Natal: São Gabriel do Oeste e Coxim (R$ 237,21), Nova Andradina (R$ 226,94) e Três Lagoas.

No Ano Novo, 71,94% dos pesquisados pretendem comemorar a data na casa de amigos/familiares (34,28%). Nesse período, as pretensões de viagens (6,74%) são maiores que na comparação do Natal e, com isso, a possibilidade de uma movimentação financeira 16,96% superior, devido principalmente ao comportamento dos campo-grandenses. Com isso, os gastos médios para essas comemorações serão de R$ 189,27. Lideram o ranking os municípios de Ponta Porã (R$ 217,56), São Gabriel do Oeste e Coxim (R$ 216,00), e Três Lagoas (R$ 211,14).      

Unica - inverno

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Preço do diesel vai aumentar a partir de amanhã
Economia
Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em julho
Economia
Caixa oferece crédito de R$ 300 a R$ 1 mil pelo celular
Economia
Desemprego cai para 13,7%, aponta pesquisa
Economia
Auxílio emergencial é pago a beneficiários do Bolsa Família com NIS 7
Economia
FIEMS e governo de MS lançam pacote para "Retomada Segura de MS" nesta segunda
Economia
Semana Nacional da Conciliação, mais de 350 audiências são realizadas em 3 dias
Economia
Gasolina sobe pela 8ª semana seguida nos postos, aponta ANP
Economia
Prazo para MEIs regularizarem dívidas termina dia 30 de setembro
Economia
Auxílio emergencial é pago hoje para nascidos no mês de maio

Mais Lidas

Brasil
Jovem tem dedo amputado após manutenção de unha de Acrigel
Vídeos
Vídeo: Com loirona na garupa da moto, homem quase apanha da esposa na rua
Polícia
Rapaz de 19 anos é preso após ser flagrado na cama com menina de 13 anos
Polícia
Morador de MS morre após carro cair de pontilhão em São Paulo