Menu
Busca quarta, 11 de dezembro de 2019
(67) 99647-9098
TJMS Dezembro-19
Economia

Manutenção nas vias garante economia aos cofres públicos

Gastos mensais com tapa-buracos caíram em mais de 50%

09 novembro 2019 - 15h12Da Redação

O investimento da Prefeitura de Campo Grande em recapeamento já está apresentando bons resultados. O cuidado com as vias, com medidas preventivas, que garante maior durabilidade ao asfalto, diminui os gastos com o tapa-buraco, uma medida considerada paliativa.

O custo médio mensal com tapa-buraco caiu de R$ 3,5 milhões em 2017 para pouco mais de R$ 1,8 milhão nos primeiros 9 meses deste ano.

Em 2017, quando o serviço foi retomado após seis meses de interrupção no ano anterior, foram gastos quase R$ 40 milhões (R$ 39,3 milhões). Ano passado, as despesas caíram para R$ 34 milhões e neste ano, até a medição de outubro, os gastos ficaram em torno de R$ 20 milhões, devendo fechar em no máximo R$ 22 milhões. 

O engenheiro  da Sisep, Edvaldo Aquino,  explica que o recapeamento custa mais caro, aproximadamente R$ 500 mil por quilômetro, mas garante um bom resultado pela economia gerada posteriormente.

“Vale a pena, porque por pelo menos 10 anos, a Prefeitura não vai gastar com tapa-buraco. Temos como exemplo a Padre João Crippa, que foi recapeada há três anos e nenhum buraco apareceu após o trabalho”, exemplificou.

Um levantamento da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos, que identificou o ranking das ruas com maior custo anual com tapa-buraco, revelou que grande parte do pavimento da cidade está comprometido, visto que já foi feito há mais de 30 anos e sem a devida manutenção.

PMCG - Cidade do Natal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Refis Natalino é prorrogado e atendimento será retomado nesta quarta
Economia
Receita abre consulta ao 7º lote de restituição do IRPF
Economia
Melhoria na logística da MS-306 gera desenvolvimento econômico
Economia
Industria brasileira de aço reclama de Trump
Economia
Refis Natalino ultrapassa meta e arrecada mais de R$ 15 mi
Economia
Dólar da trégua e tem queda semanal
Economia
Guedes diz que não há razão para pessimismo no Brasil
Economia
Refis Natalino: Por causa do movimento, senhas serão entregues até as 18h
Economia
Último dia de Refis Natalino deve atender 3 mil pessoas
Economia
Refis Natalino tem atendimento ampliado

Mais Lidas

Geral
Advogado comete suicídio
Cidade
Imagens: Veja como está ficando a Cidade do Natal
Polícia
Vestido de mulher filho tenta fazer prova do Detran no lugar da mãe
Geral
Governo investe R$ 22 mi em construções de pontes por todo o estado