Menu
Busca domingo, 05 de julho de 2020
(67) 99647-9098
Economia

Manutenção nas vias garante economia aos cofres públicos

Gastos mensais com tapa-buracos caíram em mais de 50%

09 novembro 2019 - 15h12Da Redação

O investimento da Prefeitura de Campo Grande em recapeamento já está apresentando bons resultados. O cuidado com as vias, com medidas preventivas, que garante maior durabilidade ao asfalto, diminui os gastos com o tapa-buraco, uma medida considerada paliativa.

O custo médio mensal com tapa-buraco caiu de R$ 3,5 milhões em 2017 para pouco mais de R$ 1,8 milhão nos primeiros 9 meses deste ano.

Em 2017, quando o serviço foi retomado após seis meses de interrupção no ano anterior, foram gastos quase R$ 40 milhões (R$ 39,3 milhões). Ano passado, as despesas caíram para R$ 34 milhões e neste ano, até a medição de outubro, os gastos ficaram em torno de R$ 20 milhões, devendo fechar em no máximo R$ 22 milhões. 

O engenheiro  da Sisep, Edvaldo Aquino,  explica que o recapeamento custa mais caro, aproximadamente R$ 500 mil por quilômetro, mas garante um bom resultado pela economia gerada posteriormente.

“Vale a pena, porque por pelo menos 10 anos, a Prefeitura não vai gastar com tapa-buraco. Temos como exemplo a Padre João Crippa, que foi recapeada há três anos e nenhum buraco apareceu após o trabalho”, exemplificou.

Um levantamento da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos, que identificou o ranking das ruas com maior custo anual com tapa-buraco, revelou que grande parte do pavimento da cidade está comprometido, visto que já foi feito há mais de 30 anos e sem a devida manutenção.

Totem_Alcool Gel

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Junho tem o maior volume de vendas do ano, diz Receita Federal
Economia
BNDES disponibiliza R$5 bi para micro, pequenas e médias empresas
Economia
Fiems e Banco do Brasil anunciam linha de crédito emergencial para empresários
Economia
Procon encontra variações de até 897% nos preços de produtos de inverno
Economia
Produção de petróleo em maio caiu devido pandemia
Economia
AO VIVO - Entidades orientam empresário a obter empréstimos de emergência
Economia
Crédito emergencial para empresas será anunciado nesta quarta
Economia
Ações de cobrança são prorrogadas até 31 de julho pela Receita
Economia
Hoje tem pagamento do auxílio emergencial; veja se você recebe
Economia
Após anunciar prorrogação do Auxílio, Bolsonaro fala em harmonia entre Poderes

Mais Lidas

Saúde
Entenda porque exercícios físicos na quarentena talvez não seja tão bom assim
Polícia
Dezenas de presos fogem de cadeia na madrugada
Polícia
Fugindo de "tribunal do crime", homem invade casa e se tranca no banheiro
Geral
Vídeo: batida entre motos nas Moreninhas deixa jovem gravemente ferido