Menu
Busca quarta, 22 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Economia

Preço de produtos natalinos varia até 71% em Campo Grande, diz Procon

09 novembro 2011 - 07h53Divulgação

O Procon divulgou a primeira pesquisa de preço dos produtos natalinos. De acordo com o levantamento, em Campo Grande as mercadorias estão em 2011, 14% mais caras do que em 2010.

Mais de 550 produtos, incluindo panetones, vinhos, perus e frutas secas foram pesquisados em nove estabelecimentos diferentes da capital.

O item que mais apresentou variação de preço, 71,7%, foi um pacote com 200 gramas de castanha do Pará.

O produto foi encontrado entre R$ 2,14 e R$ 5,39.

O superintendente estadual do Procon, Lamartine Ribeiro, afirma que a variação de preços é comum e o consumidor deve pesquisar para gastar menos.

"Alguns produtos apresentam uma alta variação de preço de um estabelecimento para o outro. O melhor é que o consumidor pesquise e compre onde o preço for menor".

As bebidas são outros itens bastante procurados pelos consumidores no Natal. Entre os vinhos e sidras, os itens tiveram variações de 46,1% até 66,3% de um estabelecimento para outro.

Um dos símbolos da época natalina é o panetone que, de acordo com a pesquisa, registrou preços de R$ 14 a R$ 20,19 uma variação de 44,2%.

Segundo Ribeiro, uma das dicas para economizar com as compras para a ceia de Natal é deixar para comprar o mais próximo possível da data.

"A tendência é que os preços comecem a cair mais perto da data de comemoração, por isso, para quem quer gastar menos, o melhor é esperar para começar as compras", aconselha o superintendente.

Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Mega-Sena pode pagar 12 milhões nesta quarta-feira
Economia
No “Dia Livre de Impostos”, capital terá cerveja com metade do preço
Economia
MS é líder do ranking nacional de exportação de tilápia
Economia
Preço do diesel dispara e ultrapassa patamar da greve dos caminhoneiros em 2018
Economia
Comerciamentes venderão produtos sem impostos em feirão nacional
Economia
Governo anunciará bloqueio temporário de verbas na quarta-feira
Economia
Concen e Energisa cadastram famílias na Tarifa Social neste sábado
Economia
Guedes prevê "um outro país" após reforma da Previdência
Economia
Dólar segue em alta cotado a R$ 4,087
Economia
País colherá 50,92 milhões de sacas de café neste ano, prevê Conab

Mais Lidas

Internacional
Peão de MS vence rodeio nos EUA
Economia
No “Dia Livre de Impostos”, capital terá cerveja com metade do preço
Polícia
Com quatro tiros na cabeça, adolescente morre em escola
Polícia
Operação no camelódromo termina com um preso e motos apreendidas