Menu
Busca segunda, 19 de abril de 2021
(67) 99647-9098
TJMS abril21
Educação

Cadastro do passe de estudante está mais rigoroso

Sistema vai checar se as linhas solicitadas realmente são dos bairros onde moram os alunos

06 janeiro 2019 - 12h20Da Redação com Assessoria

De acordo com a Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) este ano será mais rigorosa na concessão do passe para os estudantes de Campo Grande.

Em novembro passado, autoridades ligadas ao setor assinaram um Termo de Compromisso na sede do Ministério Público acerca da mudança.

O cadastro será mais severo na hora do preenchimento dos endereços dos estudantes.

Representante do Consórcio Guaicurus, empresa que explora o transporte coletivo na cidade, Robson Strengari, disse que “este ano o que mudou foi que o sistema vai conferir se a linhas solicitadas são da região em que o aluno mora ou que ele estuda, se for fora dessas regiões o sistema já irá negar. Será checado o endereço das ruas paralelas ao endereço da pessoa, para averiguar fielmente a distância entre a residência do aluno e a escola”.

Dados dos alunos têm sido enviados para a Agetran, em etapas. A primeira foi feita no dia 21 de dezembro passado. A próxima remessa deve ser encaminhada ao órgão no dia 21 deste mês. Os cartões com os passes serão levados para as escolas a partir do dia 5 de fevereiro.

Pelo Termo de Compromisso, a partir do ano que vem o CPF solicitado na hora de requisitar o passe será o do próprio aluno e não mais do responsável.

O diretor presidente da Agetran, Janine Bruno, comentou a expectativa de atendimento com as novas regras. “Nosso atendimento será o mesmo. O controle através do pedido de CPF dará mais segurança".

Num comunicado publicado pela assessoria de imprensa da Agetran, é reforçado que, para os pais não perderem os prazos de solicitação dos passes, será feita uma divulgação nas unidades de ensino, ressaltando as datas para o encaminhamento dos formulários dos documentos necessários para a obtenção do benefício.  

A secretária municipal de Educação, Elza Fernandes, destacou a necessidade dos pais ou responsáveis de realizar as matrículas com o máximo de antecedência para garantir o passe dentro dos prazos estabelecidos no termo. 

“Também alertamos os alunos sobre a correta utilização do documento e os cuidados necessários com o cartão, que será entregue pela Central de Matrículas da Semed”, explicou.

As unidades de ensino ficarão responsáveis pela entrega do cartão eletrônico aos pais ou responsáveis, informou a assessoria.

O documento que não for retirado em até dez dias úteis após a entrega nos órgãos de distribuição, será recolhido pela Agetran e o aluno terá o benefício cancelado ou suspenso, caso não apresente justificativa.

APP JD1_apple

Deixe seu Comentário

Leia Também

Educação
Aprovados no Sisu já podem fazer as matrículas nas instituições
Educação
UEMS oferta 78 bolsas no valor de R$ 400 para Projetos de Ensino
Educação
MEC divulga resultado do Sisu 2021 nesta sexta
Educação
Prefeitura reforma mais quatro escolas da Reme
Educação
Convocados na 2ª chamada do vestibular da UEMS tem até hoje para se matricular
Educação
Vale Universidade: veja a lista de pré-habilitados e as novas etapas
Educação
Matrículas da 2ª chamada do vestibular UEMS vai até sexta-feira
Educação
Publicada Lei que cria carteira digital gratuita para estudantes do MS
Educação
Prouni: Inscrição para vagas remanescentes será realizada em maio
Educação
MEC: Nota de corte do Sisu será divulgada como era antes de alterações

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio