Menu
Busca sábado, 30 de maio de 2020
(67) 99647-9098
Educação

Senador apresenta projeto para suspender as provas do Enem

Izalci Lucas apontou os obstáculos dos estudantes com a descontinuidade das aulas durante pandemia de coronavirus

07 abril 2020 - 16h32Sarah Chaves, com informações da assessoria

Um projeto apresentado pelo senador Izalci Lucas (PSDB/DF), prevê a ssuspensão dos editais do governo federal que determinam as datas para a realização das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020.

No texto do PDL 137/2020, o senador considera “inoportuna” a publicação dos editais em face da emergência epidemiológica da Covid-19, que levou o Brasil a reduzir drasticamente as atividades escolares.

Izalci apontou como obstáculos a descontinuidade das aulas por longos períodos, as dificuldades na adoção de metodologias de acesso remoto para a maior parte dos estudantes brasileiros, as incertezas sobre a retomada do calendário escolar, e as “inevitáveis lacunas de aprendizagem”.

O senador ainda ressaltou que os candidatos podem enfrentar dificuldades com o acesso a lan houses, bancos e casas lotéricas, comprometendo inscrições, pagamento de taxas e outras solicitações previstas nos editais.

"Ao definir um calendário para o Enem num quadro em que todas as atividades escolares se encontram interrompidas no país, sem previsão definida para retomada da normalidade escolar, com graves impactos sobre a aprendizagem dos estudantes, o Inep e o MEC se mostram alheios às consequências sociais das medidas de distanciamento social em vigor, deixando de levar em consideração a realidade vivenciada pelos candidatos que constituem o público-alvo do exame”, argumentou o senador.

Em nota, o Conselho que representa os secretários estaduais de Educação do Brasil (Consed) também criticou a definição das datas do Enem por temer prejuízos para os estudantes da rede pública.

O órgão considera que a manutenção do calendário deverá ampliar a desigualdade entre os estudantes do ensino médio em todo o país no acesso à universidade.

O Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão vinculado ao Ministério da Educação (MEC), definiu os dias 11 e 18 de outubro para realização das provas digitais, que serão aplicadas pela primeira vez nesse formato; e os dias 1º e 8 de novembro para aplicação das provas tradicionais (impressas).




 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Educação
Defensoria diz que 269 escolas já aderiram plano de redução de mensalidades
Educação
Inscrições no Enem terminam nesta quarta
Educação
Pagamento do Fies pode ser suspenso por até 4 meses
Educação
Mais duas escolas aderem ao desconto durante a suspensão de aulas
Educação
Junho pode chegar com aulas presenciais nas escolas particulares
Educação
Novas escolas aderem ao desconto em mensalidade, veja a lista
Educação
MEC adia prazo de inscrição do Enem para 23h59 de quarta-feira, 27 de maio
Educação
Aulas pela TV aberta começam nesta segunda
Educação
Inscrições do Enem terminam hoje
Educação
Mesmo adiado, sexta-feira é o último dia para se inscrever no Enem

Mais Lidas

Justiça
Justiça obriga empresa a pagar r$ 2 mil à aluno que não recebeu aulas do curso
Polícia
Adolescente é flagrado com drogas e armas
Economia
Estados Unidos anuncia a doação de mais US$ 6 milhões ao Brasil
Internacional
Macacos 'assaltam' laboratório e levam exames de sangue com coronavírus