Menu
Menu
Busca terça, 28 de maio de 2024
Secovi
Educação

Esquema de segurança recorde contará com mais de 70 mil atuando no Enem

Estarão unidos órgãos federais e estaduais em todo o Brasil

12 novembro 2022 - 15h47Evelyn Thamaris, com Informações Agência Brasil

Contando com um forte esquema de segurança, a edição de 2022 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) contará com a união de órgãos federais e estaduais atuantes na segurança em todo o Brasil. Com quase 3,4 milhões de inscritos, o evento educacional deste ano terá a participação de 70 mil profissionais que monitorarão  ocorrências e evitarão vazamentos sob a coordenação do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP).

Os trabalhos serão supervisionados do Centro Integrado de Comando e Controle Nacional do ministério, em Brasília. Além de atuarem durante a aplicação de provas, para evitarem colas e vazamentos, os agentes trabalharão a logística que precede o evento, monitorando a saída de provas da gráfica, a escolta de malotes, as rotas de distribuição e os locais de armazenamento.

A atuação integrada envolve os seguintes órgãos: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Ministério da Defesa (MD), Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), Secretarias de Segurança Pública - Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) - Guardas Municipais, concessionárias de energia, água e telefonia e o consórcio aplicador da prova.

Cada órgão atuará dentro da sua atribuição legal. Caberá à Secretaria de Operações Integradas (Seopi), vinculada ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, promover a integração das instituições participantes de operações nacionais ou regionais. Nos estados, o monitoramento da Operação Enem 2022 será feito pelos Centros Integrados de Comando e Controle Estaduais (CICCEs) ou similares.

Neste ano, 3.396.632 estudantes se inscreveram para o Enem. O exame avalia o desempenho dos estudantes do ensino médio e serve de acesso à educação superior e a financiamentos e programas de apoio estudantis. Do total de inscritos, 3.331.566 farão o teste impresso e 65.066 a versão digital, disponível desde 2021. A aplicação da prova impressa acontece em neste domingo (13) e no próximo domingo (20), em 1.747 municípios. 

Em 10 e 11 de janeiro de 2023, o Enem será aplicado para 72.191 candidatos privados de liberdade. Para este público, as provas têm o mesmo nível de dificuldade do Enem regular. A aplicação ocorre dentro de unidades prisionais e socioeducativas indicadas pelos respectivos órgãos de administração prisional e socioeducativa de cada unidade da Federação.

JD1 No Celular

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Reportar Erro
Assembleia - Maio24

Deixe seu Comentário

Leia Também

Começam nesta segunda-feira as inscrições para o Enem 2024
Educação
Começam nesta segunda-feira as inscrições para o Enem 2024
UEMS
Educação
UEMS e Fundect selecionam projetos de graduação e pós-graduação para auxílio financeiro
Enem 2024
Educação
Enem 2024: Inscrições começam na próxima segunda-feira
Sebrae
Educação
'Desafio Liga Jovem' chega no MS com ações nas escolas da Capital; entenda
Gibiteca Mais Cultura
Educação
JD1TV: Gibiteca da Capital quer "provocar esperança nas pessoas"
Concurso Unificado chegou a ser suspenso após tragédia no Rio Grande do Sul
Oportunidade
Ministério da Gestão confirma Concurso Unificado para 18 de agosto
Enem
Educação
Enem 2024: Candidatos do Rio Grande do Sul terão isenção na taxa de inscrição
Foto: Eduardo Coutinho
Educação
Clube de Ciências no Bioparque Pantanal aceita inscrições até 31 de maio
Ministro Alexandre de Moraes
Justiça
STF suspende lei que proibia linguagem neutra nas escolas
Alunos durante cursinho da Sejuv
Educação
Gratuito: matrículas para cursinho começam nesta segunda em Campo Grande

Mais Lidas

Waldeli dos Santos Rosa -
Política
Ex-prefeito é condenado por espalhar "Deep Fake" em Costa Rica
Vítima morreu ainda no local
Polícia
Homem é morto a tiros após jogar salgado em dono de lanchonete
Campo Grande amanhece encoberta de névoa
Clima
Campo Grande amanhece com neblina e frio ganha novo aliado nesta segunda
Delegadas Elaine Benicasa e Analu Lacerda deram detalhes sobre o crime de Amalha Mariano
Polícia
Nova versão: Caminhoneiro matou corretora após discussão em caso extraconjugal