Menu
Menu
Busca terça, 25 de junho de 2024
Governo - Vazio sanitario Jun24
Educação

Governo anuncia investimento de R$ 5,5 bi para obras e novos campi universitários

O investimento integra o Novo Programa de Aceleração do Crescimento

10 junho 2024 - 15h25Brenda Leitte, com Agência Brasil

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou, nesta segunda-feira (10), R$ 5,5 bilhões em recursos do MEC (Ministério da Educação) para obras de infraestrutura para o ensino superior e a construção de dez novos campi de universidades e de oito novos hospitais universitários federais. O investimento integra o Novo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).

Em reunião com reitores de universidades e institutos federais, no Palácio do Planalto, Lula disse que a expansão universitária e de institutos federais é essencial para desenvolver a aptidão produtiva das localidades e afirmou que se preocupa em garantir que todos os jovens tenham acesso à universidade.

“Não é possível você desenvolver as cidades periféricas, as cidades médias e pequenas do interior do país, se você não tiver institutos federais que possam, em função deste curso existir, você adaptar à realidade local, para que você tenha capacidade de produzir um desenvolvimento regional”, disse.

Lula ainda cobrou que o MEC tire do papel os 100 novos institutos federais anunciados pelo governo. “Nós temos que começar a construir os institutos que nós anunciamos. Se não tem terreno, nós vamos comprar o terreno. Os reitores podem ir nos prefeitos e saber se tem prédio na cidade que a gente pode colocar o instituto. O que a gente não pode é anunciar e, um ano depois, não ter acontecido nada, com a desculpa de que não tem terreno, de que é moroso, de que o projeto é demorado. Nós temos que fazer acontecer”, ressaltou.

Obras e custeio

Os novos recursos, anunciados hoje (10), serão destinados para melhorias na infraestrutura de 69 universidades federais e construção de dez novos campi. Além disso, serão repassados recursos a 31 hospitais universitários da Ebserh (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares), sendo oito novos.

Os novos campi de universidades serão construídos nas cidades de São Gabriel da Cachoeira (AM); Rurópolis (PA); Cidade Ocidental (GO); Baturité (CE); Estância (SE); Jequié (BA); Sertânia (PE); Ipatinga (MG); São José do Rio Preto (SP); e Caxias do Sul (RS). De acordo com o governo, as localidades foram escolhidas com o objetivo de ampliar a oferta de vagas da educação superior em regiões com baixa cobertura de matrículas na rede pública.

Cada obra custará R$ 60 milhões, incluindo construção e compra de equipamentos. A ampliação vai resultar em 28 mil novas vagas para estudantes de graduação. Os campi oferecerão seis cursos, cada, para 2,8 mil estudantes. Para isso, serão contratados 388 servidores por unidade.

Para consolidação da rede federal de educação superior, serão repassados R$ 3,17 bilhões, destinados a 338 obras, das quais 223 serão iniciadas, 95 retomadas e 20, que estão em andamento, concluídas. As obras visam o fortalecimento da graduação - salas de aula, laboratórios, bibliotecas, auditórios, estruturas acadêmicas e complexos esportivos e culturais - e a assistência estudantil - refeitórios, moradias, equipamentos de saúde e centros de convivência.

Para melhoria das condições e do funcionamento dos hospitais universitários, neste ano, o governo federal vai garantir recursos adicionais de R$ 250 milhões para as unidades da Rede Ebserh/MEC, totalizando R$ 1,75 bilhão. Oito hospitais serão construído e estão ligados às universidades federais de Pelotas (RS), Juiz de Fora e Lavras (MG), Acre, Roraima, Rio de Janeiro, São Paulo e Cariri (CE).

Além dos investimentos em obras, as universidades federais serão beneficiadas com novos recursos orçamentários. De acordo com o MEC, no mês passado, já foi feita recomposição do corte realizado no orçamento, no valor de R$ 347 milhões, sendo R$ 242 milhões para as universidades e R$ R$ 105 milhões para os institutos federais.

Agora, haverá nova ampliação de R$ 400 milhões no orçamento para custeio de despesas das instituições. A suplementação será de R$ 279 milhões para as universidades, que terão um total de R$ R$ 6,38 bilhões para custeio após a ampliação do orçamento. Para os institutos, a ampliação é de R$ R$ 120,7 milhões, com orçamento para custeio chegando a R$ 2,72 bilhões.

Por fim, para garantir a permanência dos estudantes no ensino superior, o MEC também está ampliando o PBP (Programa Bolsa Permanência) em 5,6 mil novas vagas, por meio de um aporte de mais R$ 35 milhões, o que deixa o programa com um orçamento de R$ 233 milhões.

Com isso, todos os estudantes indígenas e quilombolas de universidades e institutos federais passarão a ser atendidos pelo programa. Atualmente, cerca de 13 mil alunos neste perfil fazem parte do PBP. A partir deste ano, a cobertura ultrapassará 18 mil beneficiários. O valor da bolsa para esse grupo de estudantes é de R$ 1,4 mil desde 2023.

 

 

JD1 No Celular

Acompanhe em tempo real todas as notícias do Portal, clique aqui e acesse o canal do JD1 Notícias no WhatsApp. Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 no IOS ou Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prefeitura entrega revitalização de escolas na Mata do Jacinto, Zé Pereira e Silvia Regina
Educação
Prefeitura entrega revitalização de escolas na Mata do Jacinto, Zé Pereira e Silvia Regina
Professores da Rede Sesi recebem certificado de capacitação da Microsoft em MS
Educação
Professores da Rede Sesi recebem certificado de capacitação da Microsoft em MS
Divulgação/IFMS
Educação
Instituto Federal de MS deve investir mais de R$ 1 milhão em tecnologia para 2024
'Pantanal Tech MS' acontece dia 28 e 29 de junho na UEMS de Aquidauana
Educação
'Pantanal Tech MS' acontece dia 28 e 29 de junho na UEMS de Aquidauana
Enem
Educação
Enem 2024: prazo para pagar taxa de inscrição termina hoje (19)
Adriane quer convocar candidatos do concurso da Semed ainda em 2024
Educação
Adriane quer convocar candidatos do concurso da Semed ainda em 2024
Adriane entrega mais quatro escolas revitalizadas nesta quarta-feira
Educação
Adriane entrega mais quatro escolas revitalizadas nesta quarta-feira
Adriane entrega cinco escolas revitalizadas na Capital nesta segunda
Cidade
Adriane entrega cinco escolas revitalizadas na Capital nesta segunda
Ministério Público Federal (MPF) -
Educação
Cidadãos de Deodápolis e Laguna Carapã são ouvidos pelo MPF sobre educação básica
Enem acontecerá em novembro
Educação
Inscritos no Enem 2024 têm até quarta-feira para pagar taxa

Mais Lidas

Cantor Diogo Nogueira
Cultura
MS Ao Vivo: Diogo Nogueira fará show gratuito na Capital no dia 14 de julho
JD1TV - Casal tenta sequestrar criança na Capital: 'ganharia muito dinheiro no exterior'
Polícia
JD1TV - Casal tenta sequestrar criança na Capital: 'ganharia muito dinheiro no exterior'
Avelino Luz,  se jogou dentro do veículo pegando fogo
Polícia
Vídeo - Após ser traído, homem se joga em carro em chamas
"O Máskara" foi encaminhado ao hospital
Cidade
Personagem da Carreta da Alegria erra perfomance e cai da fachada de prédio