Menu
Busca sexta, 14 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
TJMS agosto/20
Educação

Pagamento das parcelas do Fies estão suspensas até 2021

Presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei que vai até dia 31 de dezembro

10 julho 2020 - 13h34Sarah Chaves, com informações da Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei 4.024/2020 que foi publicada nesta sexta-feira (10) no Diário Oficial da União suspendendo o pagamento de parcelas do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) até 31 de dezembro, em razão do estado de calamidade pública provocado pela pandemia do novo coronavírus.

A norma estabelece o direito à suspensão dos pagamentos aos estudantes que estavam em dia com as prestações do financiamento até 20 de março de 2020, quando foi reconhecido o estado de calamidade pelo Congresso Nacional. Também poderão suspender os pagamentos aqueles com parcelas em atraso por, no máximo, 180 dias, devidas até 20 de março.

Os saldos das obrigações suspensas devem ser pagos “de forma diluída nas parcelas restantes”, sem cobrança de juros ou multas. Em todas as situações de suspensão de pagamentos, o estudante não poderá ser inscrito em cadastros de inadimplentes e não será considerado descumpridor de quaisquer obrigações junto ao Fies.

A suspensão vale para os pagamentos em fase de utilização, carência ou amortização e, para obtê-la, o estudante deverá manifestar o interesse ao banco no qual detém o financiamento.     

Além da suspensão de pagamento, o texto aprovado no mês passado no Congresso, cria um sistema de refinanciamento. No caso de quitação integral até 31 de dezembro de 2020, haverá redução de 100% dos encargos moratórios. Na regra atual, a redução é de 50%.

Também poderá ser feita a liquidação em quatro parcelas semestrais, até 31 de dezembro de 2022, ou 24 parcelas mensais, com redução de 60% dos encargos e pagamento a partir de 31 de março de 2021. Já os parcelamentos feitos em 145 ou 175 parcelas mensais receberão redução de 40% e 25%, respectivamente, e os pagamentos começam a partir de janeiro de 2021. 

 

 

Senar - agosto2020

Deixe seu Comentário

Leia Também

Educação
Volta às aulas da rede particular é adiada para setembro
Educação
Máscara gigante do governo do Amazonas vira piada na internet
Educação
Ministério Público retoma tratativas para "volta às aulas" nesta quinta
Educação
IFMS abre 54 vagas remanescentes em cursos superiores
Educação
Semed cria aplicativo para alunos da Reme
Educação
Semed cria aplicativo para alunos das escolas municipais
Educação
MS cria comitê para discutir volta às aulas presenciais
Educação
MEC autoriza aulas a distância em escolas técnicas federais de ensino
Educação
“Blitz Covid-19” está no Jardim Noroeste orientando a população
Educação
Resultado da 2ª chamada do Prouni está disponível

Mais Lidas

Economia
Por medo da covid, Filipinas suspendem importações de frango do Brasil
Geral
Rotary Club Cidade dos Ipês promove a 1ª Feijoada em sistema drive thru
Saúde
Campo Grande melhora avaliação na pandemia
Geral
Campanha arrecada as primeiras 1 mil bolsas de sangue na capital