Menu
Busca quarta, 12 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
TJMS agosto/20
Educação

Senai elabora protocolo de biossegurança para volta às aulas presenciais

Em MS, o Senai já retomou as aulas presenciais em Aparecida do Taboado, Maracaju, Naviraí, Sidrolândia, Sonora e Três Lagoas

22 julho 2020 - 13h56Da redação, com informações da assessoria

O Senai Nacional elaborou, com médicos do trabalho, epidemiologistas, engenheiros de saúde e segurança no trabalho, psicólogos e outros especialistas, um protocolo com critérios de saúde e segurança a serem seguidos nos cursos exigem etapas presenciais, além de reforçar a necessidade de se seguir as normas das autoridades sanitárias do município e da unidade da Federação em que estão localizados.

Em Mato Grosso do Sul, o Senai já conseguiu retomar as aulas presenciais nas unidades de Aparecida do Taboado, Maracaju, Naviraí, Sidrolândia, Sonora e Três Lagoas. “Essas aulas presenciais são somente para as atividades práticas e com 30% da capacidade do ambiente e não são obrigatórias. Foi uma forma que encontramos de não prejudicar os alunos, mas aqueles que integram o grupo de risco não participam e quem não se sente seguro para voltar presencialmente também não é obrigado”, explicou o gerente de gestão em inovação e tecnologia do Senai, Leandro Schneider.

Para que isso fosse possível, cada unidade protocolou na Prefeitura do respectivo município um plano de biossegurança para o retorno das aulas práticas. “Utilizamos o plano do Senai Nacional como base, mas com as particularidades de cada região. Entre as principais medidas adotadas, estão a obrigatoriedade do uso de máscara, aferição de temperatura para qualquer pessoa que entre no prédio, demarcações das áreas que podem ser utilizadas pelos alunos, garantindo o distanciamento, bloqueio de bebedouros e higienização constante de todos os ambientes”, elencou Leandro Schneider.

Ele ressaltou que cada município de Mato Grosso do Sul tem suas peculiaridades e as realidades com relação ao avanço da Covid-19 são diferentes. “Sabemos que passamos por um momento delicado e o retorno às aulas de cada unidade vai depender da aprovação das prefeituras conforme a evolução da doença. Estamos preocupados em oferecer uma formação completa, com carga-horária teórica e prática, mas nosso foco nesse momento é a saúde de nossos alunos e colaboradores. Não retornaremos por completo enquanto não houver condições mínimas para garantir a segurança de todos”, finalizou.

Senar - agosto2020

Deixe seu Comentário

Leia Também

Educação
Semed cria aplicativo para alunos da Reme
Educação
Semed cria aplicativo para alunos das escolas municipais
Educação
MS cria comitê para discutir volta às aulas presenciais
Educação
MEC autoriza aulas a distância em escolas técnicas federais de ensino
Educação
“Blitz Covid-19” está no Jardim Noroeste orientando a população
Educação
Resultado da 2ª chamada do Prouni está disponível
Educação
MEC divulga resultado dos candidatos pré-selecionados Fies
Educação
Resultado do Fies sairá nesta terça-feira
Educação
Portador de diploma tem até hoje para se inscrever em processo da UEMS
Educação
Uso da máscara será obrigatório durante toda a prova no Enem 2020

Mais Lidas

Geral
Governo Federal corta 1/3 das verbas de segurança de MS
Polícia
Policial é denunciado por desordem em condomínio
Geral
Auxílio emergencial: Caixa deposita hoje para nascidos em julho
Saúde
Saiba onde pediatras e clínicos atenderão na manhã na capital