Menu
Busca quinta, 21 de janeiro de 2021
(67) 99647-9098
Governo Futebol
Geral

Após decisão da Justiça, Porto Murtinho fecha boates com 50 garotas de programa

25 julho 2011 - 16h02Arquivo

Em cumprimento de ordem judicial, a Polícia Civil de Porto Murtinho, município localizado 431 km de Campo Grande, fechou quatro casas noturnas e prendeu um homem. Segundo denúncia do Ministério Público Estadual, os estabelecimentos seriam pontos de prostituição, e tiveram as portas fechadas na última sexta-feira.

A operação tenta dar fim ao turismo sexual em Porto Murtinho. A cidade, de 12 mil habitantes, recebe em média mil turistas mensalmente, em especial para a pesca.

Segundo informações iniciais da Polícia, em torno de 50 mulheres foram encontradas em situação de exploração sexual.

Alexandre Baroni do Nascimento, dono de uma boate na rua Joaquim Murtinho, centro da cidade, foi preso acusado de favorecimento à exploração sexual.

Nascimento seria marido de Conceição Aparecida de Lima, de 48 anos, conhecida como Cidinha, acusada de tráfico de pessoas para fim de exploração sexual. Ela foi presa no mês passado em Dourados e acabou levando a rede em Porto Murtinho.

A ação da Polícia Civil foi desencadeada em cumprimento de liminar, expedida pela juíza da Comarca de Porto Murtinho, Samanta Ferreira Barione, atendendo a pedido do MPE.

Segundo o prefeito da cidade, Nelson Cintra, as profissionais do sexo estariam se excedendo. "Elas estavam frequentando todos os espaços, mesmo os também frequentados pelas famílias. Acredito que essa tenha sido a razão da liminar", afirmou Cintra, ressaltando que não foi comunicado da ação.

O prefeito afirmou que irá se reunir com a juíza Barione e com o MPE para discutir a questão.

Ainda segundo Cintra, Porto Murtinho deve cuidar de sua imagem de cidade turística.

"Trabalhamos com turismo, precisamos do turismo, mas não do turista sexual", comentou o prefeito.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Prefeitos são vacinados contra a Covid e MP apura denúncias
Geral
"Influenciadora de aglomeração", estado de Ygona é grave, aponta mãe
Geral
Energisa sobre ranking do Procon: "não representa a eficiência"
Geral
Justiça estende auxílio a produtores e pescadores da região de Mariana
Geral
Dez dias após o irmão, médico Joel Peixoto morre de Covid
Geral
Procon já tem 462 reclamações em 2021; maioria é das empresas de água e luz
Geral
Famílias denunciam sumiço de aliança e dentes de ouro de pacientes no Hospital Regional
Geral
Chuva derruba árvore e cerca no Parque dos Poderes
Geral
Para incentivar a doação de medula óssea e sangue, Carlão vai correr e pedalar 800 km
Geral
Governo licita materiais didáticos impressos e online para rede estadual

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio