Menu
Busca quarta, 30 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Geral

Após decisão da Justiça, Porto Murtinho fecha boates com 50 garotas de programa

25 julho 2011 - 16h02Arquivo

Em cumprimento de ordem judicial, a Polícia Civil de Porto Murtinho, município localizado 431 km de Campo Grande, fechou quatro casas noturnas e prendeu um homem. Segundo denúncia do Ministério Público Estadual, os estabelecimentos seriam pontos de prostituição, e tiveram as portas fechadas na última sexta-feira.

A operação tenta dar fim ao turismo sexual em Porto Murtinho. A cidade, de 12 mil habitantes, recebe em média mil turistas mensalmente, em especial para a pesca.

Segundo informações iniciais da Polícia, em torno de 50 mulheres foram encontradas em situação de exploração sexual.

Alexandre Baroni do Nascimento, dono de uma boate na rua Joaquim Murtinho, centro da cidade, foi preso acusado de favorecimento à exploração sexual.

Nascimento seria marido de Conceição Aparecida de Lima, de 48 anos, conhecida como Cidinha, acusada de tráfico de pessoas para fim de exploração sexual. Ela foi presa no mês passado em Dourados e acabou levando a rede em Porto Murtinho.

A ação da Polícia Civil foi desencadeada em cumprimento de liminar, expedida pela juíza da Comarca de Porto Murtinho, Samanta Ferreira Barione, atendendo a pedido do MPE.

Segundo o prefeito da cidade, Nelson Cintra, as profissionais do sexo estariam se excedendo. "Elas estavam frequentando todos os espaços, mesmo os também frequentados pelas famílias. Acredito que essa tenha sido a razão da liminar", afirmou Cintra, ressaltando que não foi comunicado da ação.

O prefeito afirmou que irá se reunir com a juíza Barione e com o MPE para discutir a questão.

Ainda segundo Cintra, Porto Murtinho deve cuidar de sua imagem de cidade turística.

"Trabalhamos com turismo, precisamos do turismo, mas não do turista sexual", comentou o prefeito.

Rota do Pantanal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Corumbá recebe duas aeronaves para auxiliar as equipes nos combates a incêndio
Geral
Antecipação do INSS poderá ser pedida sem limitação de distância
Geral
Nota MS Premiada terá o 8° sorteio de R$ 300 mil nesta quarta
Geral
Outubro pode começar sem toque de recolher
Geral
Vídeo: "Homem enfiando no c* do outro não é de Deus”, diz mulher ao ameaçar casal gay
Geral
Capital perde Pierre Adri
Geral
Super salário é a "cruz" para Harfouche na campanha
Geral
Empresa cria aplicativo para detectar incêndios e desmatamento
Geral
Homem visita academia, passa mal e morre em Campo Grande
Geral
MP e Fiems unem-se contra compra de votos

Mais Lidas

Cidade
Lei que prevê multas e punições para quem passar trote no 190 e 193 foi sancionada hoje
Justiça
Bolsonaro sanciona lei sobre maus-tratos a animais acompanhado do pitbull Sansão em Brasília
Polícia
Jovem é assassinada com oito tiros na Capital
Cidade
Funsat Itinerante vai atender na Vila Popular nos dias 01 e 02 de outubro