Menu
Busca segunda, 25 de maio de 2020
(67) 99647-9098
TJ MS maio20
Geral

Odilon de Oliveira aborda depressão infantil na Câmara

Em audiência, vereador apresentou evento para prevenção da doença

19 setembro 2019 - 14h58Sarah Chaves, com informações da assessoria

O vereador Odilon de Oliveira é quem propôs a Audiência Pública “Depressão infantil: Identificar é o Primeiro Passo para Prevenir”, que será realizado no próximo dia 23 de setembro, no Plenário Edroim Reverdito. O parlamentar será secretariado pelo também vereador, Betinho (REP).

O objetivo do evento é abordar o tema e apontar as causas e consequências da depressão nessa faixa etária. A inciativa vai reunir profissionais da área da saúde, educação, assistência social e entidades religiosas.

De acordo com o parlamentar a depressão atinge todas as idades, portanto ela deve ser combatida desde a primeira infância. “Hoje com o advento das redes sociais as pessoas estão cada vez mais se isolando em seus mundos, ou bolhas sociais. Esse fato não é diferente nas crianças, pois, os pais - eu me coloco nessa esfera – temos cada vez menos tempo para uma simples conversa. Com essa audiência, queremos abrir o debate de como nós podemos nos aproximar ainda mais de nossas crianças e saber como identificar esse quadro, que pode desencadear em atos extremos, como o suicídio”, explicou.

Além do parlamentar, o evento contará com psiquiatra, especialistas, e representantes de entidades de apoio a crinça como Conselho Tutelar Norte,  Secretária de Direitos Humanos, e do Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil III .

De acordo com especialistas, os sintomas na infância e adolescência são mais variados do que nos adultos. E podem se confundir com outros problemas. 

Sintomas de acordo com a idade:

2 a 5 anos: sintomas físicos, como parar de comer, dor na barriga.

5 a 7 anos: sintomas psicossomáticos, desempenho pobre e recusa escolar, ansiedade, fobia, irritabilidade, retraimento social.

8 a 12 anos: perda do prazer e tristeza, desesperança, variação de humor, ansiedade, recusa escolar, desejo de morte.

Tratamentos

Crianças e adolescentes com depressão também devem fazer terapia e, se for necessário, tomar antidepressivos. O tratamento deve ser multidisciplinar. Além do psiquiatra e psicólogo, as pessoas ao redor também precisam se envolver. Carinho, apoio, atenção são fundamentais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Correios serão opção para fazer cadastro para auxílio emergencial
Geral
Riedel lança e inaugura obras no interior
Geral
Alcione, Sambô, Projota e outros artistas animam o domingo em lives
Geral
Filho de Bolsonaro termina namoro com influenciadora ex de Eduardo Costa
Geral
Homem morre após rolo compressor passar por cima da barriga dele
Geral
“É mais fácil o MS fechar que a Casa China”, diz diretor do Shopping China
Geral
Estão liberadas as realizações de vistoria de identificação veicular
As vistorias deverão ocorrer fora das instalações das empresas credenciadas
Geral
Caixa abrirá até 12h para pagamento do auxílio emergencial neste sábado
Geral
Caixa abrirá 12 agências para saque do auxílio neste sábado no MS
Geral
Mega-Sena pode sortear prêmio acumulado de R$ 5,5 mi neste sábado

Mais Lidas

Polícia
Passageira trans diz ter sido puxada pelos cabelos e chama motorista de covarde
Polícia
Homem é preso com quase 400 kg de maconha que iriam para São Paulo
Polícia
Assessor de Trump diz que EUA devem barrar voos do Brasil
Saúde
Secretário de vigilância pede demissão do Ministério da Saúde