Menu
Busca terça, 26 de janeiro de 2021
(67) 99647-9098
Governo Futebol
Geral

Onça fugitiva não representa perigo, afirma PMA

21 novembro 2010 - 10h21
Após vasculhar toda a parte interna da Unidade de Conservação do Parque do Prosa, no Parque dos Poderes, no intuito de localizar a onça pintada que escapou do Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (Cras), a Polícia Militar Ambiental (PMA) cessou as buscas, mas garante que o animal não representa risco para a população. “Não há registros de que ela [a onça] ainda continue no parque. Vale ressaltar que o ser humano não faz parte da cadeia alimentar deste animal e que a tendência dela é fugir quando vê uma pessoa. A onça só ataca se o indivíduo tentar capturá-la, sendo assim orientamos que caso avistem a onça, os moradores devem entrar em contato com a PMA”, diz o comandante da PMA, major Matoso. Embora as buscas tenham cessado por parte da PMA, a direção do Parque continua com o monitoramento. “Acreditamos que a onça não esteja mais por perto, mas mesmo assim instalamos câmeras de monitoramento, que conseguem detectar se a onça voltar. Estas câmeras são instaladas à noite e retiradas pela manhã”, explicou o gestor do parque, o biólogo Pedro Menezes. Fuga Segundo o coordenador do Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), o biólogo Élson Borges, a onça pintada, de aproximadamente oito meses de idade chegou ao centro com dois meses de idade proveniente do município de Águas Claras, sendo encontrada em uma pastagem. A onça tem cerca de 50 kg, 60 cm de comprimento e 35 cm de altura. No dia 28 de outubro, o animal fugiu do CRAS deixando a população um pouco amedrontada. Conforme Borges, uma anta teria ocasionado o rompimento da porta do local onde a onça estava. “Naquele dia havia só um funcionário que conta que uma anta adulta, de aproximadamente 300 kg, 1 metro de altura e ½ de comprimento investiu contra a onça, abrindo a porta de onde ela estava”, conta reforçando que o local estava com cadeado. Atualmente o CRAS possui cerca de mil animais, dentre aves, mamíferos e répteis. Visitação no Parque A visitação no Parque, suspensa em decorrência do sumiço da onça e também de uma reforma que está sendo realizada, deve reabrir no dia 1º de dezembro. De acordo com o gestor do parque, Pedro Menezes, no local está acontecendo uma grande reforma sendo modificadas as guaritas dos parques, o centro de visitantes e o acesso ao parque que ganha asfalto novo. O parque é aberto para visitação de terça a domingo, nos períodos da manhã e tarde. Sendo que os passeios são gratuitos. No local, as pessoas irão encontrar o bioma do cerrado; mata de galeria, ciliar e cerrado; os córregos Desbarrancado e Joaquim Português, que formam o Prosa; flora e fauna; árvores e animais, como por exemplo: tamanduá, macacos e corujas. As visitas podem ser agendadas pelo telefone: (67) 3326-1370.
senar janeiro21

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
CPI que investiga irregularidades da Energisa deve retornar em fevereiro
Geral
UFMS tem 850 vagas de pós-graduação para 2021
Geral
Morre Vecilde Teixeira, cinco dias após o marido
Geral
"Não dá mais desisto", publicou Levi dias antes de ser encontrado morto
Geral
IPVA: Última semana com 15% de desconto à vista
Geral
Covid mata ex-presidente do Iagro, Luciano Chiochetta
Geral
OAB/MS faz primeira entrega de carteiras de 2021
Geral
Temporal derruba poste e mata 17 cabeças de gado em fazenda
Geral
Vereadores da capital farão visita técnica ao Butantan
Geral
Adolescente morre ao tentar salvar mãe e irmã em córrego

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio