Menu
Busca terça, 19 de março de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Onça fugitiva não representa perigo, afirma PMA

21 novembro 2010 - 10h21
Após vasculhar toda a parte interna da Unidade de Conservação do Parque do Prosa, no Parque dos Poderes, no intuito de localizar a onça pintada que escapou do Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (Cras), a Polícia Militar Ambiental (PMA) cessou as buscas, mas garante que o animal não representa risco para a população. “Não há registros de que ela [a onça] ainda continue no parque. Vale ressaltar que o ser humano não faz parte da cadeia alimentar deste animal e que a tendência dela é fugir quando vê uma pessoa. A onça só ataca se o indivíduo tentar capturá-la, sendo assim orientamos que caso avistem a onça, os moradores devem entrar em contato com a PMA”, diz o comandante da PMA, major Matoso. Embora as buscas tenham cessado por parte da PMA, a direção do Parque continua com o monitoramento. “Acreditamos que a onça não esteja mais por perto, mas mesmo assim instalamos câmeras de monitoramento, que conseguem detectar se a onça voltar. Estas câmeras são instaladas à noite e retiradas pela manhã”, explicou o gestor do parque, o biólogo Pedro Menezes. Fuga Segundo o coordenador do Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), o biólogo Élson Borges, a onça pintada, de aproximadamente oito meses de idade chegou ao centro com dois meses de idade proveniente do município de Águas Claras, sendo encontrada em uma pastagem. A onça tem cerca de 50 kg, 60 cm de comprimento e 35 cm de altura. No dia 28 de outubro, o animal fugiu do CRAS deixando a população um pouco amedrontada. Conforme Borges, uma anta teria ocasionado o rompimento da porta do local onde a onça estava. “Naquele dia havia só um funcionário que conta que uma anta adulta, de aproximadamente 300 kg, 1 metro de altura e ½ de comprimento investiu contra a onça, abrindo a porta de onde ela estava”, conta reforçando que o local estava com cadeado. Atualmente o CRAS possui cerca de mil animais, dentre aves, mamíferos e répteis. Visitação no Parque A visitação no Parque, suspensa em decorrência do sumiço da onça e também de uma reforma que está sendo realizada, deve reabrir no dia 1º de dezembro. De acordo com o gestor do parque, Pedro Menezes, no local está acontecendo uma grande reforma sendo modificadas as guaritas dos parques, o centro de visitantes e o acesso ao parque que ganha asfalto novo. O parque é aberto para visitação de terça a domingo, nos períodos da manhã e tarde. Sendo que os passeios são gratuitos. No local, as pessoas irão encontrar o bioma do cerrado; mata de galeria, ciliar e cerrado; os córregos Desbarrancado e Joaquim Português, que formam o Prosa; flora e fauna; árvores e animais, como por exemplo: tamanduá, macacos e corujas. As visitas podem ser agendadas pelo telefone: (67) 3326-1370.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
DeMoley’s serão homenageados quinta-feira, na Assembleia
Geral
PSDB Mulher cobra posição da bancada feminina no Congresso
Geral
Três vítimas do massacre em Suzano continuam hospitalizadas
Geral
Ex-governador do Paraná, Beto Richa, é preso pela terceira vez
Geral
Mais de três toneladas de materiais são recolhidos em ação contra o aedes
Geral
Estado “bate o martelo” e oito horas volta em 1º de julho
Geral
IEL e Sesi fazem parceria para atender empresa
Geral
PDV chega amanhã à Assembleia; Conheça os detalhes
Geral
Grupo vai às ruas em protesto contra assassinato de mulheres
Geral
Irmã do deputado Barbosinha morre aos 74 anos

Mais Lidas

Polícia
Orgia em motel vira caso de polícia
Polícia
Mistério: adolescentes desaparecem a caminho da escola
Polícia
Menina de dez anos se mata com arma do pai, em São Paulo
Polícia
Vídeo - Um morre e outro fica ferido em execução na fronteira