Menu
Busca sábado, 26 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Geral

Operação da PF desarticula quadrilha de tráfico de drogas em 7 estados

27 outubro 2011 - 11h43PF

A Polícia Federal cumpre nesta quinta-feira (27) mandados de prisão temporária e de busca e apreensão em sete estados para desarticular uma quadrilha de tráfico internacional de drogas. Segundo a PF, o grupo formado por brasileiros, sul-americanos e europeus trazia cocaína da Bolívia e maconha do Paraguai para o Brasil. Em seguida, a droga era encaminhada para a Europa e África, além de ser distribuída também no Brasil.

A Operação Semilla cumpre, ao todo, 54 mandados de prisão temporária e 59 mandados de busca e apreensão em São Paulo, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Paraná, Mato Grosso, Ceará e Goiás. Todos os mandados foram expedidos pela 4 ª Vara Criminal Federal de São Paulo. A operação conta com 230 policiais federais – 150 deles apenas em São Paulo. O nome Semilla foi dado em função dos traficantes se referirem à droga como "sementes", que em espanhol é "semilla".

A investigação começou há um ano. Desde então, 70 pessoas já foram presas em flagrante por tráfico de drogas, sendo uma delas suspeita de integrar a máfia calabresa, na Itália. Nesse período, foram apreendidos 4.327 quilos de cocaína, 5.210 quilos de maconha, o equivalente a mais de R$ 1 milhão (em moeda nacional e estrangeira), armas, munições, 48 veículos e uma aeronave. Esses veículos teriam sido adquiridos com o dinheiro vindo do narcotráfico. Um laboratório de refino de cocaína foi desativado em Barueri, na Grande São Paulo.

Até as 9h30 desta quinta, a Operação Semilla prendeu 35 pessoas e apreendeu R$ 68 mil, além de veículos. Segundo a Polícia Federal, a Justiça bloqueou as contas bancárias e aplicações financeiras ligadas aos investigados, além do sequestro de 20 imóveis, 15 veículos e uma aeronave.

Os presos responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de tráfico de drogas (com pena máxima de 15 anos de prisão), associação para o tráfico (pena máxima de 10 anos de reclusão) e financiamento da prática do crime de tráfico transnacional, com pena máxima de 20 anos de reclusão. Em todos os crimes poderá haver um acréscimo de 1/6 a 2/3 das penas, por se tratar de tráfico internacional.

Rota do Pantanal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Alguém viu o 'Spyke'? criança se frustra, ao perder seu amiguinho
Geral
Sexta-feira terá live de Gusttavo Lima e Daniel, Duda Beat e Nando Reis
Geral
Heber Xavier renuncia Santa Casa
Geral
Agehab deve entregar 352 apartamentos ainda este ano na capital
Geral
Live debaterá pandemia entre idosos
Geral
Vídeo: Mulher encontra cobra em saco de laranjas do Atacadão
Geral
Sanesul elabora medidas para não faltar abastecimento de água em Corumbá
Geral
Militar do exército morre em acidente de trânsito na capital
Geral
Jovem comete suicídio em salão
Geral
Procon intermediará acordo de Sindicato de transporte escolar e financiadores de vans

Mais Lidas

Polícia
Carreta com mais de quarenta mil pacotes de cigarros é apreendida
Polícia
Mulher é agredida e enforcada pelo marido, mas consegue fugir de pijamas e pedir ajuda
Polícia
Vídeo: Guarda dispersa mais de 50 pessoas de conveniência na avenida Ceará
Polícia
Homem morre após acidente envolvendo moto e camionete