Menu
Busca sexta, 07 de maio de 2021
(67) 99647-9098
Gov_MS-Cresce_Maio21
Geral

PMA realiza 5ª Expedição de Educação com 402 ribeirinhos no Pantanal

A ação que envolve trabalhos sociais teve participação da atriz Cristiana Oliveira

14 dezembro 2020 - 10h50Sarah Chaves com informações da Assessoria

A Polícia Militar Ambiental, realizou na última semana, a 5ª Expedição de Educação no Pantanal, coordenada pela PMA de Corumbá e pelo Instituto das Águas da Serra da Bodoquena (IASB).

A expedição que foi realizada com objetivo de proporcionar Educação Ambiental, assistência social, fornecimento de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e tutela jurídica em matéria de Direitos Trabalhistas e Previdenciários. Foram atendidas as regiões e Comunidades Tradicionais do Castelo, Paraguai Mirim, São Francisco, Amolar, Barra de São Lourenço e Aldeia Indígena Guató.

A PMA vê na Educação Ambiental uma forma de envolver e sensibilizar a população na defesa das questões ambientais, com consequente diminuição das infrações e crimes ambientais, destaca o Cap. Diego, Comandante da Cia PMA Corumbá e Coordenador Geral da Expedição.

O Ministério Público do Trabalho (MPT) trabalhou na destinação, sensibilização e utilização de Equipamentos de Proteção Individual para a prevenção de acidentes e doenças, das atividades dos ribeirinhos na coleta de iscas.

Foi providenciada pelo IASB a distribuição e plantio de mudas de vegetação nativa, distribuição de computadores para as escolas, vestuário, brinquedos e materiais para as brigadas voluntárias de combate a incêndios, incluindo a distribuição de 120 cestas básicas ofertadas pelo Instituto SOS Pantanal, Grupo Mil pelo Planeta e Yoga pelo Pantanal.

O IBAMA/PrevFogo/MS representado pelo Supervisor de Brigadas, Idmar Rocha, participou com palestras sobre prevenção e combate aos incêndios florestais e distribuição de panfletos informativos sobre a formação de brigada voluntária, deixando como reflexão: “prevenir sempre e combater quando necessário. O Meio Ambiente agradece”.

A atriz Cristiana Oliveira, que participou da expedição, destacou que além da fauna, muitas comunidades indígenas e ribeirinhas sofrem com os efeitos da seca e das queimadas, ressaltando, assim, a importância da Expedição num momento muito desolador.

Na ação, foram atendidos 402 ribeirinhos. Na ocasião, a PMA e o IASB distribuíram a edição 2021 do Calendário de Educação Ambiental no Pantanal, ilustrado com desenhos dos alunos pantaneiros. Por fim, foram providenciados todos os protocolos de biossegurança diante da COVID19 para realização das atividades.

Participaram as seguintes instituições:  Ministério Público do Trabalho (MPT 24ª Região), Tribunal Regional do Trabalho (TRT 24ª Região), Escritório Modelo de Assistência Jurídica da Faculdade de Direito da UFMS (EMAJ/UFMS), PrevFogo IBAMA, Instituto SOS Pantanal, ECOA, e Instituto Acaia Pantanal. Participaram também o Exército Brasileiro e o Grupo de Policiamento Aéreo de Mato Grosso do Sul.

Girafa

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Família encontra homem que desapareceu após desembarcar no aeroporto de CG
Geral
Procon-MS multa Banco B6 em R$ 653 mil por infrações contra aposentados
Geral
Motociclista fica em estado grave após cair e ser arrastado por 20 metros pela moto
Geral
“Segurança pública perde um dos seus grandes protagonistas”, diz Reinaldo sobre delegado Mikaill
Geral
Motorista para no puteiro e atrasa entrega de vacinas
Geral
Em situação de emergência total, Hemosul funciona em tempo integral no sábado
Geral
Mais de 250 empregos podem ser gerados por projetos do Codecon
Cidade
Prefeitura abre pré-cadastro para vacinação de pessoas entre 18 e 29 anos
Saúde
MS recebe mais de 50 mil doses da AstraZeneca nesta quinta
Geral
Leilão do exército tem 38 caminhões, ônibus e picapes

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio