Menu
Busca quinta, 01 de outubro de 2020
(67) 99647-9098
Justiça

Caso João de Deus: Defesa afirma não ter tido acesso a depoimentos

Nem mesmo o número do processo, que corre em segredo de Justiça por se tratar de crime sexual, foi informado à defesa

14 dezembro 2018 - 15h57Da Redação com Agência Brasil

A defesa do médium goiano João Teixeira de Faria, o João de Deus, afirmou, em nota divulgada nesta sexta-feira (14), que ainda não teve acesso aos depoimentos prestados por parte das centenas de mulheres que afirmam serem vítimas de abusos sexuais cometidos pelo médium ao longo de anos.

“Na última segunda-feira (10), estivemos no Ministério Público estadual, em Goiânia, para obter cópias dos depoimentos prestados pelas vítimas e amplamente noticiados pela imprensa. O pedido foi negado sob o argumento da preservação do sigilo”, afirmam os advogados Alberto Toron e Luisa Moraes Abreu Ferreira na nota divulgada poucas horas após a Justiça de Goiás acatar o pedido do MP estadual e determinar a prisão preventiva do médium.

“É inaceitável a utilização de pretextos e artifícios para se impedir o exercício do direito de defesa. Sobretudo no que diz com o direito básico de se aferir a legalidade da decisão mediante a impetração de habeas corpus”, acrescentam os advogados, afirmando que nem mesmo o número do processo, que corre em segredo de Justiça por se tratar de crime sexual, foi informado à defesa.

Terra Benta

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
MP procura Juliana Zorzo
Justiça
Acusado de matar a tia com 24 facadas é condenado a 8 anos de prisão
Justiça
Bolsonaro sanciona lei sobre maus-tratos a animais acompanhado do pitbull Sansão em Brasília
Justiça
Nova diretoria da Aprems tomou posse nesta sexta-feira
Justiça
McDonalds indeniza cliente em R$ 10 mil por produto vencido
Justiça
"Houve uma conspiração", alega advogado de Flordelis
Justiça
Candidatos à eleição podem tirar certidões on-line pelo TJMS
Justiça
Espaço de eventos indenizará em R$ 20 mil casal por falta de água durante casamento
Justiça
Anhanguera deverá indenizar ex-aluna por cobrança indevida
Justiça
Ministério Público move ação contra contrato do Consórcio Guaicurus

Mais Lidas

Geral
Resultados dos recursos do processo seletivo da Agepen é divulgado
Esportes
Copa do Brasil: confira o duelo das oitavas de final
Geral
Guarda Civil terá frota de viaturas reforçada para atender a capital
Geral
Durante vídeoaula professor diz que "se estupro é inevitável, relaxa e goza"