Menu
Busca terça, 26 de maio de 2020
(67) 99647-9098
TJ MS maio20
Justiça

Governo apura se 189.695 mil militares receberam auxílio emergencial

Caixa informou que faz pagamento após validação dos dados pelo próprio governo.

12 maio 2020 - 10h51Priscilla Porangaba, com informações do Correio Braziliense

O Ministério da Defesa divulgou uma nota nessa segunda-feira (11) informando que apura se militares receberam de forma indevida o auxílio emergencial de R$ 600.

Segundo informações do Correio Braziliense, 189.695 militares receberam o benefício e sem pegar fila. Teriam sido pagos R$ 114 milhões a militares da ativa, da reserva, reformados, pensionistas e anistiados.

O auxílio, destinado a ajudar trabalhadores informais durante a crise na economia provocada pela pandemia do coronavírus, foi aprovado pelo Congresso Nacional e sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro.

"O Ministério da Defesa informa que foi identificada, com o apoio do Ministério da Cidadania, a possibilidade de recebimento indevido de valores referentes ao auxílio emergencial concedido pelo governo federal no período de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus por integrantes da folha de pagamentos deste ministério. A referida folha de pagamentos é composta por militares da ativa, da reserva, reformados, pensionistas e anistiados", diz um trecho da nota.

Segundo o ministério, foram adotadas "todas as medidas necessárias à rigorosa apuração" do caso. A pasta também informou que tenta identificar "se houve valores recebidos indevidamente, de modo a permitir a restituição ao erário".

De acordo com o Ministério da Cidadania, quem recebeu o auxílio emergencial sem ter direito terá de devolver os recursos aos cofres públicos por meio do pagamento de uma Guia de Recolhimento da União (GRU).

A Caixa Econômica Federal, que faz o pagamento do auxílio, informou que faz a operação somente após a validação dos dados dos cidadãos pelo próprio governo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
CPI acusa Energisa de alterar resolução da Aneel para barrar perícia
Justiça
Assembleia fechará semestre em home office
Justiça
Reinaldo interpela o deputado Contar
Justiça
Veja a lista de escolas que terão desconto de até 25% nas mensalidades
Justiça
Justiça afasta adolescente de casa por abusar da irmã de 7 anos
Justiça
Farmácia terá que pagar R$ 20 mil à mulher que foi aliciada em atendimento
Justiça
Justiça: Uniderp demora a entregar diploma e pagará R$ 8 mil a estudante
Justiça
TCU determina devolução de auxílio recebido por militares
Justiça
Vídeo - Com filho nos braços, Karinne chora ao relembrar de assassinato do marido
Justiça
Justiça - Empresa de formatura terá que indenizar acadêmica coagida

Mais Lidas

Política
Roberto Jefferson promete parar José Dirceu "na bala"
Geral
Morador reclama de vazamento de água no Arnaldo Estevão de Figueiredo
Saúde
Idosa de 78 anos é a 18ª vítima fatal de coronavírus no MS
Saúde
Capital: Em menos de 4h, barreiras sanitárias abordam 1,5 mil veículos