Menu
Busca terça, 15 de junho de 2021
(67) 99647-9098
TJMS - Junho21
Justiça

Justiça concede prisão domiciliar a jovem que matou namorada atropelada

Rafael será monitorado por tornozeleira eletrônica e terá de permanecer 24 horas em casa

17 maio 2021 - 11h53Gabrielly Gonzalez

Rafael Carrelo, 19 anos, investigado pela morte da namorada Mariana Vitória Vieira Lima, da mesma idade, passou por audiência de custódia nesta manhã (17). A juíza Eucélia Moreira Cassal acatou os argumentos da defesa de Rafael e substituiu o flagrante em prisão domiciliar, onde será monitorado por tornozeleira eletrônica e terá de permanecer 24 horas em casa.

À reportagem do JD1 Notícias, o advogado do jovem, Marlon Ricardo Lima Chaves explicou o porquê a juíza concedeu a prisão domiciliar. “Juiz não homologou o homicídio qualificado por feminicídio, tendo em vista que não houve feminicídio, em razão disso, permanece a embriaguez ao volante e a apuração do que aconteceu de verdade”, declarou.

“Não existe por que uma prisão preventiva tendo em vista que é réu primário e tem bons antecedentes”, completou Marlon.  

Pedido de liberdade foi feito no fim da tarde de domingo (16), um dia após a prisão.

No documento de habeas corpus, o advogado ainda argumenta que apesar de notícias terem sido veiculadas alegando que Mariana estava no capô do carro conduzido por Rafael para impedir o namorado de dirigir, em nenhum dos registros oficiais consta a informação. A morte da jovem foi “consequência de uma infeliz brincadeira onde casal de namorados trocava de posição”, alega Marlon na defesa.

Acidente – Mariana Vitória foi atropelada na madrugada de sábado, na Avenida Arquiteto Ruben Gil de Camilo, que liga a Afonso Pena à Via Parque. Ela estava no capô do carro, um Toyota Etios, conduzido por Rafael, com quem namorava há quatro meses.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Com recurso negado, Comércio terá mais uma tentativa para barrar decreto
Justiça
Justiça discute na quarta, recurso da Energisa que barra perícias
Justiça
TJMS distribuiu mais de 6 mil processos em maio
Justiça
Comércio formaliza mandado de segurança para barrar decreto do Prosseguir
Justiça
STF começa a julgar pedidos para suspender Copa América no Brasil
Justiça
No MS, quem maltratar animais pode pagar até R$ 8,1 mil
Justiça
STF decide que magistrados podem comandar Lojas Maçônicas
Justiça
Testemunha diz que foi "coagida" a mentir sobre 'Coffee Break'
Justiça
Intubado, Jamil Name tem prisão relaxada
Justiça
Justiça adia julgamento e medidores da Energisa seguem sem perícia

Mais Lidas

Cidade
Marquinhos autoriza comércio a operar
Geral
AO VIVO: Motorista é preso após tombar caminhão ao lado do Damha
Brasil
Criança morre após ser picada por escorpião
Geral
Governo manda prefeitos "assumirem seus atos"