Menu
Busca terça, 31 de março de 2020
(67) 99647-9098
TJMS topo
Justiça

Liminar do TJ libera prisão domiciliar para devedores de pensão alimentícia

No entender do magistrado, “é indiscutível que devedores de alimentos podem ser mantidos no regime fechado"

20 março 2020 - 10h52Priscilla Porangaba, com informações da assessoria

Com o avanço do novo coronavírus, liminar do desembargador Luiz Claudio Bonassini da Silva, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS), autorizou prisão domiciliar por 90 dias para devedores de pensão alimentícia.

Em habeas corpus coletivo, a Defensoria Pública requereu a suspensão do cumprimento de mandados de prisão de devedores de alimentos provenientes de processos em trâmite no Estado pelo prazo de 90 dias, além de se determinar a expedição de alvará de soltura em favor de todos os devedores de alimentos recolhidos em cárcere por inadimplemento de pensão alimentícia.

“É indiscutível que devedores de alimentos podem ser mantidos no regime fechado, separados dos presos comuns, por se tratar de pessoas que não cometeram crimes, mas que pelo ilícito civil ficam encarcerados em espaços sabidamente insalubres, de forma que se tornam potencial vetores de disseminação pelo contágio do Covid -19. Diante desse contexto, defiro a liminar pleiteada”, afirma o desembargador na decisão. 

O desembargador lembrou que a liminar é medida excepcional, que deve ser concedida quando se verifica a presença de qualquer constrangimento ilegal, como ausência dos requisitos legais necessários à prolação do decreto de prisão ou a permanência no cárcere por tempo superior ao razoável antes da formação da culpa, bem como outras ilegalidades manifestas, relativas a matéria de direito, cuja constatação seja verificada por análise perfunctória, sem necessidade de aprofundamento no exame da prova.

 

 

Assembleia - Mais ALEMS

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Justiça condena seguradora e oficina a pagar R$ 27,3 mil à cliente
Justiça
Dinheiro de ações criminais em Três Lagoas será liberado para combate à coronavírus
Justiça
Justiça proíbe manifestações, e multa chega a R$ 100 mil para quem desobedecer
Justiça
Igrejas poderão pagar R$ 50 mil de multa diária se abrirem as portas
Justiça
Justiça Federal autoriza Cervejaria Bamboa a fabricar álcool em gel
Justiça
Gilmar Mendes decide manter recomendação de soltar presos devido à pandemia
Justiça
STF barra pagamento de dívida e MS terá R$ 30 milhões mensais para combate à epidemia
Justiça
Justiça absolve pastor vice-presidente de abrigo acusado de estuprar adolescente
Justiça
Defesa usa coronavírus para "soltar" Jamil e juiz nega pedido
Justiça
Cartórios suspendem atendimento presencial por tempo indeterminado

Mais Lidas

Saúde
AO VIVO – Atualização de casos de coronavírus após primeiro óbito em MS
Justiça
Justiça condena seguradora e oficina a pagar R$ 27,3 mil à cliente
Saúde
‘Vítima de coronavírus contraiu a doença da irmã que viajou para Bélgica’, diz Saúde
Saúde
Justiça autoriza cervejaria comercializar álcool 70%