Menu
Busca terça, 28 de janeiro de 2020
(67) 99647-9098
Perkal Topo - janeiro-20
Justiça

Município deve pagar R$ 55 mil a família de jovem morto em escola

Estudante foi atingido com tiro na nuca em discussão de partida de futebol em 2010

03 abril 2019 - 18h10Da Redação com Assessoria

A família do jovem Nailton Helber Martins de Lima, morto com tiro na nuca dentro da Escola Municipal Plínio Barbosa Martins, em março de 2010, deverá receber R$ 55 mil da Prefeitura de Campo Grande (PMCG).

O município foi condenado pela 3ª Vara de Fazenda Pública e de Registros Públicos. De acordo com o processo, a vítima foi atingida quando abaixou para pegar seus chinelos para deixar a quadra de esporte. O autor teria ficado "irritado" com as jogadas da vítima durante evento para comunidade.

No processo consta que era de conhecimento da unidade de ensino a periculosidade do autor do disparo e de seus comparsas. E que mesmo assim os mesmos transitavam livremente dentro da escola. O juiz, Zidiel Coutinho, destacou que o crime ocorreu por falta de vigilância da escola que não adotou medidas para garantir a segurança da população.

A defesa da família também pede no processo o pagamento de um salário-mínimo mensal para ajudar na renda. E que o irmão da vítima, traumatizado por ter presenciado o crime receba atendimento psicológico pagos pelo réu. O pedido será analisado pelo magistrado, já que existe programas públicos de acompanhamento psicológico no Sistema Único de Saúde (SUS).

Na decisão, o juiz pediu o pagamento fixo de 2/3 do salário-mínimo, até 16 de fevereiro de 2019, data que Nailton completaria 25 anos de idade.  E 1/3 do salário-mínimo até os até 65 anos, ou morte da beneficiária, avó do falecido.

A indenização ficou de R$ 15 mil aos irmãos do falecido, R$ 20 mil  à avó paterna e mais R$ 950,00 pelos custos do funeral, R$ 10 mil para o pai e R$ 10 mil para a mãe. 

O valor é parcial a ação de reparação de danos morais e materiais exigidos pela família do jovem que tinha 16 anos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Criação de vagas de desembargador em MS é questionada pela OAB
Justiça
Assistente pedagógico é condenado a 12 anos por estupro de vulneráveis
Justiça
Internos farão manutenção de espaços públicos de Campo Grande
Justiça
STJ nega HC e Jamil segue preso em Mossoró
Justiça
Lei anticrime entra em vigor nesta quinta-feira
Justiça
MP acusa ex-presidente da Vale e outras 15 pessoas por 270 homicídios
Justiça
OAB quer esclarecimento do BNDES sobre auditoria de R$ 48 milhões
Justiça
Defesa diz que Valler não usou cocaína e que droga era de veterinária morta
Justiça
Em nota, MPF justifica mudança para Dourados, mas não responde sobre diárias
Justiça
Depois da “fuga” de Ponta Porã, MPF evita responder sobre diárias para idas à fronteira

Mais Lidas

Turismo
MS tem o Melhor Destino de Ecoturismo do Brasil
Geral
Curso de formação para aprovados em concurso PM/BM começa em 2 de março
Polícia
Homem e sobrinha de 7 anos são sequestrados e deixados amarrados em mata
Polícia
"Morri, porque matei inocentes", dizia bilhete encontrado com jovem executado