Menu
Busca quarta, 15 de julho de 2020
(67) 99647-9098
TJMS julho20
Polícia

Babá presta depoimento sobre morte de criança

Bebê veio a óbito após cair do carrinho. Supeita é que tenha sido um acidental

02 junho 2020 - 15h12Flávio Veras

A babá de uma criança de seis meses que morreu na última na sexta-feira (29), em Três Lagoas, após cair de um carinho, prestou depoimento na 1ª Delegacia de Polícia Civil, da cidade. Óbito aconteceu enquanto ela cuidava da criança em sua residência.

Segundo a Polícia Civil as investigações ainda estão em andamento e, após o relato da investigada, aguarda a conclusão dos laudos. Suspeita é que a morte possa ter sido acidental.

Ainda conforme as investigações, a babá teria deixado o local após a chegada da equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), porém a polícia não informou quais as alegações ela deu para ter deixado a casa.

Os pais do bebê estavam trabalhando quando o fato aconteceu.

Vacinne

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
“Encontraram o monstro”, diz primo de Carla sobre assassino
Polícia
Ex-patroa é denunciada por abandono de incapaz que resultou em morte
Polícia
Comerciante foi morta porque reconheceu voz de ex-funcionário, diz investigação
Polícia
Operação prende autores de duplo homicídio ocorrido há 11 anos
Polícia
Suspeito de matar dona de restaurante é preso e já foi garçom da vítima
Polícia
Mãe descobre estupro após criança dizer “o tio que colocou a pingola aqui”
Polícia
É golpe! Mulher acredita ter ganhado jantar no Outback, mas perde whatsapp
Polícia
Tentando transportar agrotóxicos em pneu de caminhão, motorista é preso pelo DOF
Polícia
Sargento é encontrada morta e ex-marido é principal suspeito
Polícia
Homem finge pedido de ajuda para chamar bombeiros de “merdas”

Mais Lidas

Polícia
“Encontraram o monstro”, diz primo de Carla sobre assassino
Polícia
Ex-patroa é denunciada por abandono de incapaz que resultou em morte
Saúde
MP solicita inspeção em frigoríficos no interior
Polícia
Comerciante foi morta porque reconheceu voz de ex-funcionário, diz investigação