Menu
Busca domingo, 16 de junho de 2019
(67) 99647-9098
Polícia

Fazendeiro é multado em R$ 10 mil por desmatamento

Ele desmatou matas ciliares e várzea do rio Formoso em Bonito

24 dezembro 2018 - 13h30Da redação

No domingo (23), um homem de 60 anos, foi autuado em flagrante por executar a supressão de vegetação de matas ciliares do rio Formoso, em Bonito. Ele também desmatou uma área brejosa, que também é protegida por lei.

De acordo com informações da polícia militar ambiental, o infrator realizou o desmatamento das áreas protegidas, que foi verificado por imagem de satélite e drone e que medido com GPS, perfez 0,32 hectare. No local foram construídos 250 m² para passarelas em deck à margem do rio Formoso, tudo sem autorização ambiental. As atividades foram paralisadas.

O proprietário foi multado em R$ 10.000,00 pelas infrações. Ele também responderá por crime ambiental, que prevê pena de três a seis meses de detenção.

O autuado foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação de Área Degradada e Alterada (PRADA), junto ao órgão ambiental.

 

Prefeitura prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Durante encontro amoroso, homem é morto por ex-marido de mulher
Polícia
Ex-secretário morre em acidente na MS-157
Polícia
Tio e sobrinho são mortos a golpes de facão
Polícia
Acadêmica tenta cancelar matrícula, é multada e agride coordenadora
Polícia
Após denúncia de agressão, homem tenta matar esposa
Polícia
Dupla é presa furtando refletores do monumento Maria Fumaça
Polícia
Em uma hora, pistoleiros matam três pessoas na fronteira
Polícia
"Tribunal do crime" teria sido o responsável por execução em Itaporã
Polícia
Homem tem casa invadida e morre executado por tiros e facadas
Polícia
Desesperado, homem registra furto e depois se lembra onde estacionou o carro

Mais Lidas

Polícia
Durante encontro amoroso, homem é morto por ex-marido de mulher
Polícia
Ex-secretário morre em acidente na MS-157
Polícia
Tio e sobrinho são mortos a golpes de facão
Educação
Extrato de pagamento do Bolsa Família terá alerta sobre trabalho infantil