Menu
Busca segunda, 09 de dezembro de 2019
(67) 99647-9098
TJMS Dezembro-19
Política

Barbosinha pede Colégio Militar em Dourados

Unidades dos Colégios Militares se destacam em todo o Brasil

19 novembro 2019 - 18h17Jônathas Padilha, com informações da assessoria

O deputado estadual Barbosinha (DEM-MS) pediu ao presidente Jair Bolsonaro a instalação de mais uma unidade do Sistema Colégio Militar do Brasil (SCMB) em Mato Grosso do Sul, no município de Dourados.

O pedido vem de uma promessa feita pelo próprio presidente em sua corrida eleitoral no final do ano passado, com o então deputado estadual, Geraldo Resende, e atual suplente da bancada de Mato Grosso do Sul no Congresso Nacional e secretário estadual de Saúde.

O Ministério da Educação anunciou neste mês que MS terá mais duas novas unidades, mais uma em Campo Grande e outra para atender a região de Corumbá, outro motivo do pedido do deputado.

Uma das propostas do presidente é a construção de Colégios Militares em todas as capitais do Brasil. Campo Grande já tem uma unidade, e o atual foco seria Dourados, por ser o segundo maior município do estado e por ser polo de uma região de 33 cidades.

O deputado defendeu como estratégica a posição geopolítica de Dourados para a criação do CM. "A implantação de um Colégio Militar em Dourados, além de reafirmar o compromisso assumido pelo presidente com o, à época, nosso único representante eleito em Brasília, viria oferecer a oportunidade para que mais jovens tivessem acesso a uma educação de qualidade, com indicadores comprovados, sem contar que o simples fato da existência de uma unidade militar de ensino já contribuiria para a redução dos índices de violência”.

Além da conhecida disciplina militar, as unidades do SCMB apresentam índices superiores as outras escolas públicas. A unidade do Rio de Janeiro, por exemplo, está entre as 10 melhores escolas, a do Amazonas detém o segundo melhor Índice de Desempenho do Estado, bem superior à média nacional e o Colégio Militar de Brasília vem encabeçando o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) há vários anos. No Colégio Militar de Salvador, 90% dos professores tem alguma pós-graduação, 40% são mestres ou doutores e todos com dedicação exclusiva para o colégio.

Atualmente existem 13 Colégios Militares funcionando no país, gerenciados pela Diretoria de Educação e Cultura do Exército (DEPA), subordinada ao Departamento de Educação e Cultura do Exército (DECEx).  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Bolsonaro diz que seu governo honra militares e respeita o povo
Política
Governo prevê ampliar cobertura do Bolsa Família
Política
Bolsonaro publica revogação de decisão que excluía atividades de MEI
Política
Brasil e Paraguai terão livre comércio de automóveis
Política
Azambuja debate democracia em Congresso Nacional
Política
Vídeo - Dilma é vaiada em voo
Política
“Temos um governador de bom senso”, diz Marquinhos sobre Reinaldo
Política
Governo paraguaio licita projeto para ponte no Rio Paraguai
Política
Trutis afirma no Twitter ser contra Flávio Bolsonaro no Aliança
Política
Vídeo - Frota leva bolo ao congresso para comemorar 1 ano do caso Queiroz

Mais Lidas

Geral
Ninguém acerta e mega-sena acumula em R$25 milhões
Polícia
Mecânicos são presos por pesca em piracema
Política
Bolsonaro diz que seu governo honra militares e respeita o povo
Política
Governo prevê ampliar cobertura do Bolsa Família