Menu
Busca sexta, 05 de junho de 2020
(67) 99647-9098
Política

Instituto Ranking avalia Bolsonaro, Reinaldo e Marquinhos

A pesquisa foi realizada entre os dias 1º e 11 de dezembro, em Campo Grande

12 dezembro 2018 - 13h58Da redação

O Instituto Ranking , avaliou a perspectiva do governo de Bolsonaro, que se inicia em janeiro e o desempenho das gestões do prefeito Marquinhos Trad e do governador Reinaldo Azambuja.

As perspectivas da gestão de Bolsonaro, são 57,41% de ótimo e bom, número que esta abaixo, dos 71.26% da votação que o presidente eleito teve em Campo Grande.

Já Reinaldo é bem avaliado por 40,16% dos entrevistados que o consideram ótimo e bom. O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, teve 53,41% de avaliação positiva.

O Instituto Ranking, não somou regular "mágico" em seus números, procedimento semelhante aos dos grandes institutos que consideram esse item como uma opinião neutra, do entrevistado. As entrevistas foram realizadas entre os dias 1º e 11 de dezembro, em Campo Grande.

Confira os gráficos:

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Convenções partidárias serão virtuais nas eleições deste ano
Política
Geraldo Resende e Pedrossian Neto ficam nas secretarias
Política
Coronel David solicita manutenção em rodovias que ligam Três Lagoas à Brasilândia
Política
LDO estima impacto da pandemia e receita orçada é de R$ 16,17 bilhões
Política
Bolsonaro veta uso de R$ 8,6 bilhões no combate ao coronavírus
Política
Deputados pedem reabertura do Parque das Nações Indígenas
Política
Assembleia reconhece calamidade em mais quatro municípios
Política
“Grandes nomes”, diz Temer sobre Marun, André, Simone e Moka
Política
Moro ficará seis meses recebendo salário de ministro sem poder advogar
Política
Mais quatro cidades de MS podem ter calamidade pública reconhecida

Mais Lidas

Geral
Filho de vereadora morre após passar mal em futebol
Cidade
Com a pandemia, mil trabalhadores já foram demitidos na rodoviária, alerta sindicato
Justiça
MPF pede arquivamento de inquérito contra Adélio por facada em Bolsonaro
Polícia
Após chamar Caio de “resto de incêndio”, Renatto fala em brincadeira diz estar arrependido