Menu
Busca segunda, 17 de junho de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Prefeito não aumentará próprio salário, da vice e de secretários

O projeto foi aprovado pelos vereadores e passará por nova análise do Legislativo até o dia 20

11 dezembro 2018 - 17h40Da redação

O prefeito Marquinhos Trad disse nesta terça-feira (11) que não vai aumentar o próprio salário, da vice-prefeita, Adriane Lopes, e dos seus secretários. “Não vou aplicar o aumento”, disparou.

O projeto foi aprovado pelos vereadores na semana passada, em primeira votação e, entre os dias 13 e 20 deste mês, deve passar por uma segunda análise, antes do recesso de fim de ano.

Pela legislação, o salário de Marquinhos é fixado em 90,25% da remuneração máxima para servidores públicos. O vencimento do prefeito passaria de R$ 20.412,12 para R$ 35.462,22. A vice teria direito a 90% da remuneração do prefeito, Adriane passaria a ganhar R$ 31.915,99.

Reajuste dos vereadores

O reajuste do salário dos vereadores foi aprovado em única votação e basta que o prefeito sancione. Caso ocorra, o aumento de 26% valerá a para a legislatura de 2021. A partir da sanção, o salário dos vereadores será de aproximadamente R$ 18,900,00.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Brasil será representado por jovemde 15 anos em fórum na Bélgica
Samila coordenou projeto-piloto sobre discriminação contra crianças e adolescentes
Geral
Após bater em rotatória, universitário capota veículo em Ponta Porã
Geral
Amigos se reúnem para cozinhar e promover o bem em projeto social
Geral
Estado libera R$ 871 mil para recuperação de avenida de Dourados
Geral
Festival de gastronomia alia conhecimento e cultura sul-mato-grossense
Geral
Aral Moreira: revisão eleitoral e cadastramento biométrico seguem até o dia 24
Geral
MS é líder em número de projetos cadastrados para leilão de energia
Geral
Palestra gratuita com Gil Giardelli aborda Inovação e Tecnologia para MPE’s
Geral
Concurso para procurador municipal: confirme seu local de prova
Geral
Longen recebe desembargadores do TRT

Mais Lidas

Opinião
De dois erros não se faz um acerto
Polícia
Jovem é morta a tiros em Ponta Porã e corpo é encontrado em estrada
Geral
Após bater em rotatória, universitário capota veículo em Ponta Porã
Economia
Após Bolsonaro falar em demissão do presidente do BNDES, diretor renuncia