Menu
Busca domingo, 20 de outubro de 2019
(67) 99647-9098
Governo vitimas
Política

Marun quer André na prefeitura de novo

O ex-ministro defendeu candidatura própria do MDB, para o executivo municipal

11 julho 2019 - 18h09Joilson Francelino e Mauro Silva

O ex-ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun, voltou a afirmar nesta quinta-feira (11) que o Movimento Democrático Brasileiro vai lançar candidatura própria para a prefeitura de Campo Grande, em 2020.

Em conversa com o JD1 Notícias, Marun defendeu a candidatura do ex-prefeito André Puccinelli. “Reforço minha opinião dizendo que não há outro nome para ser lançado a não ser o do André”, disse.

Fora do cenário político desde o fim do governo Temer, o ex-ministro hoje se dedica à sua função no Conselho Nacional da Itaipu Binacional. Questionado sobre disputar cargo político no próximo pleito, Marun descartou a possibilidade. “Eu não tenho pretensão em me candidatar para cargo algum nas eleições do ano que vem”, finalizou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Bolívia: Evo tenta 4º mandato em disputa acirrada com Carlos Mesa
Política
Solidariedade faz convenção dia 26
Política
Coronel David solicita agilidade na pavimentação das ruas do Nova Campo Grande
Política
Universidades tem orçamentos descontingenciados
Política
Vereadores querem mais investimentos na infraestrutura da capital
Política
Joice perde a liderança do governo no Congresso para o MDB
Política
BR-262 receberá investimentos de R$ 22 mi do Ministério da Infraestrutura
Política
Grupo argentino investirá R$ 120 mi em porto de Murtinho
Política
Juiz entende que MPF adulterou diálogos de Temer e Joesley e absolve ex-presidente
Política
Senado aprova indicação de Carlos Ceglia para embaixada na Turquia

Mais Lidas

Geral
Violeiro Ivo de Souza morre em acidente na BR-163
Geral
"Relógios da Energisa marcam 40% a mais que consumo real", diz técnico do IPEM
Brasil
Três militares do Corpo de Bombeiros morreram enquanto tentavam combater incêndio
Esportes
Na capital, Muricy crava Flamengo como campeão do Brasileirão