Menu
Busca terça, 22 de outubro de 2019
(67) 99647-9098
Governo vitimas
Política

Onevan de Matos anuncia que vai disputar a presidência da Assembleia

Mesmo com Paulo Corrêa representando o PSDB, Onevan decidiu disputar

05 dezembro 2018 - 11h57Da redação

O deputado estadual Onevan de Matos (PSDB) afirmou na manhã desta quarta-feira (5), que manterá seu nome na disputa pela presidência da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul.

Onevan explicou que “não está indo para a oposição” contra seu próprio partido, mas permanece “coerente com sua história político-parlamentar” e com os deputados que declararam apoio ao seu nome para a presidência da Casa de Leis. “O meu compromisso é com Mato Grosso do Sul e com a população que acabou de me conceder o direito e a responsabilidade de exercer o nono mandato como deputado estadual”, publicou nas redes sociais.

Por 3x1, o deputado Paulo Corrêa venceu Onevan na disputa, dentro do partido, de quem vai representar o PSDB, na disputa.

Athus Ingles

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Trutis "explica" ausência em lista, mas é desmentido na mídia
Política
Corregedor Nacional de Justiça atendeu 38 demandas da população na capital
Política
PL de Otávio Trad beneficiará mais de cinco mil deficientes auditivos
Política
Luiz Ovando apoia Bolsonaro líder, mas Tio Trutis não aparece em lista
Política
Bolívia: Evo tenta 4º mandato em disputa acirrada com Carlos Mesa
Política
Solidariedade faz convenção dia 26
Política
Coronel David solicita agilidade na pavimentação das ruas do Nova Campo Grande
Política
Universidades tem orçamentos descontingenciados
Política
Vereadores querem mais investimentos na infraestrutura da capital
Política
Joice perde a liderança do governo no Congresso para o MDB

Mais Lidas

Geral
Cenas fortes - Vídeo mostra uma pessoa queimada em queda de avião
Geral
Pires da Moreninha I é flagrado com 273 produtos incomercializáveis
Internacional
Vídeo - MC Gui debocha de menina com câncer e CNA Três Lagoas cancela show
Justiça
Coluna social vira argumento do MP contra HC de Jamil