Menu
Busca quarta, 02 de dezembro de 2020
(67) 99647-9098
aguas guariroba - Águas em Ação 3
Política

Reinaldo se compromete a acelerar liberação de recursos para corredor bioceânico

O governador assumiu o compromisso durante reunião em Porto Muntinho

14 maio 2019 - 18h50Matheus Henrique, com informações da Assessoria

O governador Reinaldo Azambuja assumiu o compromisso de fazer gestões junto ao governo brasileiro para acelerar a liberação dos recursos para a construção do anel viário que ligará a ponte sobre o Rio Paraguai com a rodovia BR-267. A ligação entre Porto Murtinho e Carmelo Peralta (Paraguai) será financiada pela Itaipu Paraguai. Reinaldo esteve na cidade, junto com o diretor-geral da multinacional Itaipu Paraguai, José Alberto Alderete Rodriguez.

Segundo o governador, os acordos foram iniciados com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) para concluir, o mais rápido possível, o projeto executivo da obra do contorno, que exigirá a construção de pontes de concreto em área alagável. Reinaldo disse que a contratação do projeto está em andamento, com os recursos previstos através de emendas impositivas, em 2020, para execução da obra.

Reinaldo, durante a reunião com o diretor-geral da Itaipu, foi convidado para participar de dois encontros entre os presidentes do Brasil, Jair Bolsonaro, e do Paraguai, Mário Abdo Benitez, em Assunção e Campo Grande, em datas ainda não definidas.

“Estamos visitando o local onde será construída a ponte entre Porto Murtinho e Carmelo Peralta, um sonho de décadas entre brasileiros e paraguaios que se transforma em realidade, integrando definitivamente Brasil e Paraguai”, disse.

Segundo Reinaldo, a obra viabilizará o Corredor Bioceânico, encurtando distâncias e eliminando amarras alfandegárias para fortalecer o comércio do estado com Paraguai, Argentina e Chile. “Em breve, estaremos inaugurando uma obra histórica que promoverá a primeira integração entre os oceanos Atlântico e Pacífico, aumentando a competitividade dos nossos produtos no mercado internacional", disse o governador, ressaltando, também, o comprometimento do governo paraguaio e da Itaipu Paraguai em concluir o processo licitatório para contratação da obra da ponte. A obra será financiada pela multinacional paraguaia, ao custo de 75 milhões de dólares.

No encontro em Porto Murtinho, esteve presente o secretário estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Agricultura Familiar e Produção, Jaime Verruck; o conselheiro da Itaipu Brasil, Carlos Marun; o presidente da Assembleia Legislativa de MS, deputado Paulo Correa; e o ex-prefeito de Porto Murtinho, Nelson Cintra.

Teia - Agronomia

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Justiça homologa acordo e Contar e PSL selam paz
Política
Riedel, um gestor a caminho da política
Política
Presidente da CPI da Energisa lamenta bandeira vermelha: “Cliente nunca é favorecido”
Política
Sul-mato-grossense é primeira mulher eleita prefeita em cidade no interior de SP
Política
PT não tem prefeitos eleitos em capitais pela 1ª vez desde a redemocratização
Política
Ponta Grossa é a única cidade do Brasil a ter duas mulheres disputando o 2º turno
Política
Marquinhos anuncia 45 obras e prevê gastos de R$ 1,3 bilhão
Política
TRE-MS conquista pela primeira vez selo diamante do Conselho Nacional de Justiça
Política
Cinco cidades do Estado adquirem “Castramóvel”
Política
Bolsonaro estima que país possa encerrar 2020 com mais empregos do que em 2019

Mais Lidas

Polícia
Homem é morto ao buscar o filho no Monte Castelo
Internacional
Inglaterra inicia vacinação contra Covid-19 na próxima semana
Polícia
Soldado e motorista trafegavam em faixa exclusiva para ônibus
Geral
Vídeo: Jaime Verruk fala sobre relicitação da ferrovia Malha Oeste