Menu
Busca domingo, 31 de maio de 2020
(67) 99647-9098
Política

Reinaldo se compromete a acelerar liberação de recursos para corredor bioceânico

O governador assumiu o compromisso durante reunião em Porto Muntinho

14 maio 2019 - 18h50Matheus Henrique, com informações da Assessoria

O governador Reinaldo Azambuja assumiu o compromisso de fazer gestões junto ao governo brasileiro para acelerar a liberação dos recursos para a construção do anel viário que ligará a ponte sobre o Rio Paraguai com a rodovia BR-267. A ligação entre Porto Murtinho e Carmelo Peralta (Paraguai) será financiada pela Itaipu Paraguai. Reinaldo esteve na cidade, junto com o diretor-geral da multinacional Itaipu Paraguai, José Alberto Alderete Rodriguez.

Segundo o governador, os acordos foram iniciados com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) para concluir, o mais rápido possível, o projeto executivo da obra do contorno, que exigirá a construção de pontes de concreto em área alagável. Reinaldo disse que a contratação do projeto está em andamento, com os recursos previstos através de emendas impositivas, em 2020, para execução da obra.

Reinaldo, durante a reunião com o diretor-geral da Itaipu, foi convidado para participar de dois encontros entre os presidentes do Brasil, Jair Bolsonaro, e do Paraguai, Mário Abdo Benitez, em Assunção e Campo Grande, em datas ainda não definidas.

“Estamos visitando o local onde será construída a ponte entre Porto Murtinho e Carmelo Peralta, um sonho de décadas entre brasileiros e paraguaios que se transforma em realidade, integrando definitivamente Brasil e Paraguai”, disse.

Segundo Reinaldo, a obra viabilizará o Corredor Bioceânico, encurtando distâncias e eliminando amarras alfandegárias para fortalecer o comércio do estado com Paraguai, Argentina e Chile. “Em breve, estaremos inaugurando uma obra histórica que promoverá a primeira integração entre os oceanos Atlântico e Pacífico, aumentando a competitividade dos nossos produtos no mercado internacional", disse o governador, ressaltando, também, o comprometimento do governo paraguaio e da Itaipu Paraguai em concluir o processo licitatório para contratação da obra da ponte. A obra será financiada pela multinacional paraguaia, ao custo de 75 milhões de dólares.

No encontro em Porto Murtinho, esteve presente o secretário estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Agricultura Familiar e Produção, Jaime Verruck; o conselheiro da Itaipu Brasil, Carlos Marun; o presidente da Assembleia Legislativa de MS, deputado Paulo Correa; e o ex-prefeito de Porto Murtinho, Nelson Cintra.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Bolsonaro foi alertado pela Abin sobre “necessidade de isolamento”
Política
Coronel David visita novo Comandante da PM e reafirma apoio às forças de segurança
Política
Mansour rebate fala de Bolsonaro que contraria exame da OAB
Política
Paulo Corrêa tem melhor avaliação na Assembleia, diz pesquisa
Política
“Não faltará dinheiro”, afirma Simone sobre ajuda a estados e municípios
Política
“Não entendo o porquê a Energisa questiona a CPI se não existem irregularidades”, diz Orro
Política
Assembleia reconhece mais três municípios em estado de calamidade pública
Política
Reinaldo entrega cestas básicas que beneficiarão 1,6 mil idosos
Política
“Pessoas do interior vem a capital para fugir do surto da pandemia”, diz Marquinhos
Política
Prefeitos querem adiar eleições municipais para 2022

Mais Lidas

Saúde
Com quase 502 mil casos de coronavírus, Brasil tem 28.872 mil mortos
Polícia
Detento internado foge de hospital disfarçado de médico
Polícia
Por ciúmes do ex-namorado, mulher surta e esfaqueia vizinha
Polícia
Homem é preso com 122 kg de maconha escondida em veículo