Menu
Busca terça, 21 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Política

Reinaldo se compromete a acelerar liberação de recursos para corredor bioceânico

O governador assumiu o compromisso durante reunião em Porto Muntinho

14 maio 2019 - 18h50Matheus Henrique, com informações da Assessoria

O governador Reinaldo Azambuja assumiu o compromisso de fazer gestões junto ao governo brasileiro para acelerar a liberação dos recursos para a construção do anel viário que ligará a ponte sobre o Rio Paraguai com a rodovia BR-267. A ligação entre Porto Murtinho e Carmelo Peralta (Paraguai) será financiada pela Itaipu Paraguai. Reinaldo esteve na cidade, junto com o diretor-geral da multinacional Itaipu Paraguai, José Alberto Alderete Rodriguez.

Segundo o governador, os acordos foram iniciados com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) para concluir, o mais rápido possível, o projeto executivo da obra do contorno, que exigirá a construção de pontes de concreto em área alagável. Reinaldo disse que a contratação do projeto está em andamento, com os recursos previstos através de emendas impositivas, em 2020, para execução da obra.

Reinaldo, durante a reunião com o diretor-geral da Itaipu, foi convidado para participar de dois encontros entre os presidentes do Brasil, Jair Bolsonaro, e do Paraguai, Mário Abdo Benitez, em Assunção e Campo Grande, em datas ainda não definidas.

“Estamos visitando o local onde será construída a ponte entre Porto Murtinho e Carmelo Peralta, um sonho de décadas entre brasileiros e paraguaios que se transforma em realidade, integrando definitivamente Brasil e Paraguai”, disse.

Segundo Reinaldo, a obra viabilizará o Corredor Bioceânico, encurtando distâncias e eliminando amarras alfandegárias para fortalecer o comércio do estado com Paraguai, Argentina e Chile. “Em breve, estaremos inaugurando uma obra histórica que promoverá a primeira integração entre os oceanos Atlântico e Pacífico, aumentando a competitividade dos nossos produtos no mercado internacional", disse o governador, ressaltando, também, o comprometimento do governo paraguaio e da Itaipu Paraguai em concluir o processo licitatório para contratação da obra da ponte. A obra será financiada pela multinacional paraguaia, ao custo de 75 milhões de dólares.

No encontro em Porto Murtinho, esteve presente o secretário estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Agricultura Familiar e Produção, Jaime Verruck; o conselheiro da Itaipu Brasil, Carlos Marun; o presidente da Assembleia Legislativa de MS, deputado Paulo Correa; e o ex-prefeito de Porto Murtinho, Nelson Cintra.

Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Operação no camelódromo termina com um preso e motos apreendidas
Política
TRE-MS e Assembleia assinam termo de cooperação audiovisual
Política
Blal Dolloul, de MS, está entre os dez candidatos à PGR
Política
Coronel David pede reparo em câmeras de rodovia
Polícia
Ministério do Desenvolvimento libera R$ 581 mil para Coronel Sapucaia
Política
Projeto alternativo na Previdência é apenas "ruído", afirma Marinho
Política
Azambuja viaja à Brasília para debater FCO
Política
Nesta semana, aposentadoria de professores e policiais entra em discussão na Câmara
Política
PSD municipal terá Antônio Lacerda no comando
Política
Homem se joga na frente de caminhão e morre em rodovia

Mais Lidas

Polícia
Troca de tiros termina com homem morto e PM ferido
Educação
Estão abertas as Inscrições para o Encceja
Polícia
Guarda municipal responsável pelo transporte de arsenal é preso
Geral
Motociclista morre em acidente na BR-163