Menu
Busca quinta, 21 de fevereiro de 2019
(67) 99647-9098
Política

Vereadores aprovaram aumento salarial nesta quinta-feira

A proposta agora segue para ser sancionada pelo Executivo

06 dezembro 2018 - 13h00Da redação

Os parlamentares da capital votaram e aprovaram em regime de urgência o reajuste salarial que, se sancionado pela prefeitura, deverá valer a partir de 2021. A proposta fixa em 75% da remuneração dos deputados estaduais o subsídio dos vereadores, ou seja, os vereadores estão pedindo o teto de 75% do valor do salário dos parlamentares da Assembleia Legislativa.

De acordo com o publicado no site oficial da Câmara o projeto de lei 9.153, da Mesa Diretora, fixa a remuneração dos vereadores para a legislatura 2021/2024. 

Em um cálculo aproximado, o salário do vereadores, que atualmente é de R$ R$ 15 mil, passará para aproximadamente R$ 19 mil.

Ao início do mandato os parlamentares optaram por não reajustar os salários devido a crise econômica municipal. 

Em contato com a assessoria do presidente da Câmara, João Rocha (PSDB), foi dito que essa legislatura tem a obrigação de deixar o reajuste aprovado, assim como foi realizado anteriormente. “No caso, dessa legislatura foi optado por não revogar o subsídio na época de posse. A mesma opção ficará sujeita a próxima, já que não é possível prever como estará a economia do país”.

A proposta de emenda à Lei Orgânica 79/18, foi aprovada, também em urgência. A proposta altera e acrescenta dispositivos na Lei Orgânica do Município de Campo Grande, a qual trata do subsídio do prefeito, vice-prefeito e secretários. Essa proposta, no entanto, terá de ser votada em segunda discussão, após dez dias, seguindo prazo regimental.  

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Azambuja fala sobre reforma da Previdência no Globo News
Brasil
Para Guedes reforma da Previdência não pode ser menor que R$ 1 trilhão
Política
Vereadores votam quatro projetos na sessão de quinta-feira
Política
No STF, Azambuja discute Lei Kandir e repasses da União para os estados
Política
Bolsonaro entrega reforma da Previdência ao Congresso
Brasil
Suspensão de decreto sobre sigilo de documentos é aprovado pela Câmara
Política
Renato Câmara tem nome indicado para presidir o MDB-MS
Brasil
Nelsinho é o novo coordenador da bancada do MS no Congresso
Brasil
Campos Neto será sabatinado na próxima semana
Política
Orro propõe que leitura nos presídios diminua a pena dos custodiados de MS

Mais Lidas

Polícia
Depois de sair de festa, jovem morre ao capotar veículo no centro
Cidade
Evite ser multado, saiba onde estão os radares nas ruas da capital
Polícia
Dupla em motocicleta atira e acerta rosto de policial, na fronteira
Cidade
Prefeitura convoca aprovados em processo seletivo para merendeiro