Menu
Busca terça, 22 de outubro de 2019
(67) 99647-9098
Governo vitimas
Política

Vereadores aprovaram aumento salarial nesta quinta-feira

A proposta agora segue para ser sancionada pelo Executivo

06 dezembro 2018 - 13h00Da redação

Os parlamentares da capital votaram e aprovaram em regime de urgência o reajuste salarial que, se sancionado pela prefeitura, deverá valer a partir de 2021. A proposta fixa em 75% da remuneração dos deputados estaduais o subsídio dos vereadores, ou seja, os vereadores estão pedindo o teto de 75% do valor do salário dos parlamentares da Assembleia Legislativa.

De acordo com o publicado no site oficial da Câmara o projeto de lei 9.153, da Mesa Diretora, fixa a remuneração dos vereadores para a legislatura 2021/2024. 

Em um cálculo aproximado, o salário do vereadores, que atualmente é de R$ R$ 15 mil, passará para aproximadamente R$ 19 mil.

Ao início do mandato os parlamentares optaram por não reajustar os salários devido a crise econômica municipal. 

Em contato com a assessoria do presidente da Câmara, João Rocha (PSDB), foi dito que essa legislatura tem a obrigação de deixar o reajuste aprovado, assim como foi realizado anteriormente. “No caso, dessa legislatura foi optado por não revogar o subsídio na época de posse. A mesma opção ficará sujeita a próxima, já que não é possível prever como estará a economia do país”.

A proposta de emenda à Lei Orgânica 79/18, foi aprovada, também em urgência. A proposta altera e acrescenta dispositivos na Lei Orgânica do Município de Campo Grande, a qual trata do subsídio do prefeito, vice-prefeito e secretários. Essa proposta, no entanto, terá de ser votada em segunda discussão, após dez dias, seguindo prazo regimental.  

 

Athus Ingles

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Trutis "explica" ausência em lista, mas é desmentido na mídia
Política
Corregedor Nacional de Justiça atendeu 38 demandas da população na capital
Política
PL de Otávio Trad beneficiará mais de cinco mil deficientes auditivos
Política
Luiz Ovando apoia Bolsonaro líder, mas Tio Trutis não aparece em lista
Política
Bolívia: Evo tenta 4º mandato em disputa acirrada com Carlos Mesa
Política
Solidariedade faz convenção dia 26
Política
Coronel David solicita agilidade na pavimentação das ruas do Nova Campo Grande
Política
Universidades tem orçamentos descontingenciados
Política
Vereadores querem mais investimentos na infraestrutura da capital
Política
Joice perde a liderança do governo no Congresso para o MDB

Mais Lidas

Geral
Cenas fortes - Vídeo mostra uma pessoa queimada em queda de avião
Geral
Pires da Moreninha I é flagrado com 273 produtos incomercializáveis
Internacional
Vídeo - MC Gui debocha de menina com câncer e CNA Três Lagoas cancela show
Justiça
Coluna social vira argumento do MP contra HC de Jamil