Menu
Busca sexta, 18 de junho de 2021
(67) 99647-9098
Senar - junho21
Saúde

Saúde suspende vacina da AstraZeneca para grávidas em MS

Secretário de Estado de Saúde recomenda o uso da vacina da Pfizer

11 maio 2021 - 15h25Matheus Rondon, com informações da assessoria

Suspensa de forma preventiva a aplicação da vacina contra a Covid-19 fabricada pela AstraZeneca/Fiocruz em mulheres gestantes nos 79 municípios do estado de Mato Grosso do Sul. A informação foi confirmada pelo Governo na tarde desta terça-feira (11). A decisão segue orientação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Seja seguida pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) a indicação da bula da vacina AstraZeneca e que a orientação é resultado do monitoramento de eventos adversos feito de forma constante sobre as vacinas Covid em uso no país", diz o texto da nota emitida pela agência reguladora.

Segundo o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, a SES aguarda posição do Ministério da Saúde. “Vamos esperar a publicação de uma nota técnica do Ministério da Saúde que deverá ser emitida ainda hoje. Assim tomamos o conhecimento, decidimos pela suspensão imediata da vacina AstraZeneca para gestantes que ainda não tomaram a primeira dose no Estado”.

Geraldo Resende lembra que a decisão vale exclusivamente para a vacina AstraZeneca. “Recomendamos que as gestantes façam o uso da vacina da Pfizer que chegaram recentemente ao Estado. E quando estiver disponível a vacina da Coronavac, que possamos fazer o uso deste imunizante também”.

De acordo com o Vacinômetro, 5.224 gestantes tomaram a primeira dose da vacina AstraZeneca e sete a segunda dose em Mato Grosso do Sul. O Vacinômetro ainda aponta que 1.900 gestante tomaram a primeira dose da vacina da Pfizer no Estado.

Confira a nota divulgada pela Secretaria de Estado de Saúde

Seguindo orientações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), esta Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul (SES/MS), decide paralisar de forma preventiva, nos 79 municípios do Estado, a aplicação da vacina contra a Covid-19, da AstraZeneca/Fiocruz em mulheres gestantes. A SES ressalta que até o presente momento não houve nenhum episódio de reação adversa grave no Estado. Esta decisão segue até que a ANVISA emita nova orientação contrária.

Vai di Vinho

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Covid: Mais de 80% do grupo prioritário recebeu 1ª dose da vacina em MS
Saúde
Em 'disputa saudável', Geraldo quer vencer Dória e Paes na vacinação
Saúde
“O vírus está vencendo a guerra aqui em Campo Grande”, diz Maymone
Saúde
Covid - Prefeitura abre cadastro para vacinação de adolescentes
Saúde
Vacinação contra a gripe acontece até às 16h45 nesta sexta
Saúde
UPAs tem 41 clínicos e 13 pediatras na manhã desta sexta-feira
Saúde
Vacinação será retomada a partir das 14h em Campo Grande; confira os locais
Saúde
Vítima de câncer, morre filho do ex-vereador Bebeto
Saúde
Sesau ganha 10 cilindros de oxigênio da FIEMS
Saúde
Estado recebe novo lote com doses de Pfizer e Coronavac

Mais Lidas

Polícia
Tio engravida sobrinha de 13 anos e tia tenta fazer aborto, mas criança nasce
Geral
Ciclista morre ao ser atropelado voltando do serviço
Geral
Agente penitenciário é mais uma vítima da Covid-19 na capital
Polícia
Pastor preso por estupro de adolescentes, já foi detido por violência doméstica