Menu
Busca terça, 07 de julho de 2020
(67) 99647-9098
Tecnologia

Robô Curiosity envia a primeira mensagem de voz direto de Marte

28 agosto 2012 - 10h14Bill Ingalls / Nasa

O robô Curiosity transmitiu sua primeira mensagem de áudio direto de Marte, onde o veículo está desde o dia 6 e deve ficar pelos próximos dois anos, em busca de sinais favoráveis à vida.

O arquivo, porém, não revela a "voz" do jipe, mas um discurso do administrador da agência espacial americana (Nasa), Charles Bolden, mantido no robô durante toda a viagem.

Esta é a primeira vez que um áudio humano viajou até outro planeta e conseguiu voltar. A mensagem de Bolden está em inglês, e abaixo você confere a tradução:

"Olá, aqui é Charlie Bolden, administrador da Nasa, falando com você através da capacidade de transmissão do robô Curiosity, que agora está na superfície de Marte. Desde o início dos tempos, a curiosidade humana nos levou a buscar constantemente por vida nova... novas possibilidades um pouco além do horizonte. Quero parabenizar os homens e mulheres da nossa família Nasa, bem como nossos parceiros comerciais e governamentais em todo o mundo por nos levarem a dar um passo além, até Marte. Esta é uma conquista extraordinária. O desembarque de um veículo em Marte não é fácil – outros já tentaram –, e apenas os EUA obtiveram sucesso completo. O investimento que estamos fazendo...o conhecimento que esperamos adquirir com nossa observação e análise da Cratera Gale vai nos dizer muito sobre a possibilidade de vida em Marte, bem como as possibilidades do passado e do futuro do nosso próprio planeta. O Curiosity vai trazer benefícios para a Terra e inspirar uma nova geração de cientistas e exploradores, enquanto prepara o caminho para uma missão humana em um futuro não muito distante. Obrigado."

Segundo o executivo do programa Dave Lavery, "com essa voz, outro pequeno passo é dado para estender a presença humana além da Terra, e a experiência de explorar mundos remotos é trazida um pouco mais perto de todos nós".

Ele comparou a chegada do veículo a Marte à ida do homem à Lua, que perdeu no sábado (25) o primeiro astronauta a chegar lá, Neil Armstrong.

"Enquanto o Curiosity continua sua missão, esperamos que essas palavras sejam uma inspiração para alguém vivo hoje, que pode se tornar o primeiro a estar sobre a superfície de Marte. Assim como o grande Neil Armstrong, eles vão falar em voz alta sobre esse próximo gigante salto da exploração humana", destacou Lavery.

Ajuda de três sondas
A comunicação do Curiosity com a Terra só foi possível com o auxílio de duas sondas da Nasa em Marte, a Odyssey e a Mars Reconnaissance Orbiter (MRO), e também da sonda Mars Express, da Agência Espacial Europeia (ESA).

O robô enviou os sinais para as três sondas, que então os rebateram em direção ao nosso planeta. Isso permite que mais dados sejam transmitidos a uma velocidade maior.

Quando chegaram à Terra, os sinais foram captados por antenas da Rede de Espaço Profundo, da Nasa, que funciona em três complexos: Goldstone, na Califórnia; Madri, na Espanha; e Camberra, na Austrália.

De lá, as informações foram direto para o controle da missão, no Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa, em Pasadena, na Califórnia.

Via G1

Totem_Alcool Gel

Deixe seu Comentário

Mais Lidas

Geral
Com operação Pátio Zero, Detran-MS esvazia agência em Corumbá
Internacional
Vídeo: caminhão explode e mata "ladrões de combustível"
Política
CPI da Energisa deve retomar investigações em setembro
Política
Câmara de vereadores aprova prorrogação do Refis para até 5 de agosto