Menu
Busca sexta, 07 de maio de 2021
(67) 99647-9098
Sebrae
Brasil

Babá de Henry diz que foi coagida a mentir e confirma agressões

A defesa do vereador Jairinho alega que ele é inocente e nunca agrediu o menino

13 abril 2021 - 13h35Sarah Chaves, com informações da CNN

O depoimento da babá de Henry Borel de Medeiros iniciado na segunda-feira (12), terminou quase às duas da manhã de hoje. Thayná de Oliveira Ferreira, admitiu ter mentido na primeira vez que falou com a Polícia Civil sobre a morte do menino de 4 anos. 

Após o depoimento, a advogada Priscila Sena disse que Thayná contou tudo da forma que aconteceu. “Ela relata dois episódios de agressão, mas ela não viu, ela supõe.”

No Termo de Declaração, a babá diz ter sido orientada pela mãe de Henry, Monique Medeiros, a mentir no depoimento. Thalita, irmã de Jairinho, teria mandado ela comparecer ao escritório de advocacia de André França Barreto, no Centro do Rio. 

O advogado defendia o casal até segunda-feira (12), quando Monique anunciou ter constituído defesa própria, com atuação independente da feita pela equipe que atende o vereador. 

Thayná disse que quando chegou ao escritório não esperava encontrar Monique no local. A patroa abriu uma porta e a chamou para receber as instruções: “Monique então começou a falar para a declarante que quando ela fosse depor em sede policial era para ela falar que nunca havia visto nada, nunca havia ouvido nada e que era para apagar todas as mensagens”, sobre as comunicações trocadas no aplicativo WhatsApp.

Quando questionada se Monique explicou sobre a que se referia, Thayná disse que sim. “Monique mandou a declarante não relatar nada, nem sobre as brigas do casal, nem sobre as agressões que Henry sofreu (...) A declarante [Thayná] se sentiu intimidada naquele momento, já que Monique falou de forma impositiva”, diz o termo. No momento dessa conversa, segundo a babá, apenas as duas estavam na sala. 

Thayná destacou ainda que apagou as mensagens de seu celular no momento da conversa. A babá admitiu a veracidade das trocas de mensagens com Monique, na qual alertava para um episódio, em fevereiro, em que Jairinho se trancou no quarto do casal com o menino, que depois deixou cômodo alegando dores e mancando.

Ainda segundo a babá, a empregada da família também teria mentido em depoimento à polícia, já que no dia 12 de fevereiro as duas estavam em casa quando Jairinho teria agredido Henry.

A defesa do vereador Dr. Jairinho alega que o cliente é inocente e não fez qualquer agressão ao menino. 

Girafa

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Corpo de Paulo Gustavo é cremado em cerimônia restrita
Brasil
Operação mais sangrenta no RJ deixa 25 mortos no Jacarezinho
Brasil
MP denuncia Jairinho e Monique por homicídio e tortura
Brasil
Deputado diz que Bolsonaro pode ter doença mental e defende interdição
Brasil
Aposentados terão 13° em duas parcelas, começando em maio; veja o calendário
Brasil
Paulo Gustavo ganha homenagem de Beyoncé
Brasil
Covid: Morre ator e humorista Paulo Gustavo, aos 42 anos
Geral
Boletim diz que quadro de Paulo Gustavo é irreversível
Brasil
Conheça as crianças mortas durante ataque em escola
Brasil
WhatsApp libera envio de dinheiro pelo aplicativo no Brasil; veja como usar

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio