Menu
Busca domingo, 19 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Brasil

Bolsonaro diz que pena de morte não será debatida em seu governo

A afirmação foi em resposta a uma reportagem do jornal O Globo

16 dezembro 2018 - 08h47Da Redação com Agência Brasil

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse neste domingo (16), em sua conta no Twitter, que o tema pena de morte não será debatido em seu governo. A afirmação foi feita após a publicação de reportagem pelo jornal O Globo neste domingo com o deputado federal reeleito Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Segundo a matéria, o filho do presidente eleito defendeu “a possibilidade de pena de morte para traficantes de drogas, a exemplo do que ocorre na Indonésia, e para autores de crimes hediondos”.

“Em destaque no jornal O Globo de hoje informou que, em meu governo, o assunto pena de morte será motivo de debate. Além de tratar-se de cláusula pétrea da Constituição, não fez parte de minha campanha. Assunto encerrado antes que tornem isso um dos escarcéus propositais diários”, escreveu Jair Bolsonaro em sua postagem.

Segundo a reportagem do jornal, Eduardo Bolsonaro disse que um plebiscito pode ser usado para consultar os brasileiros sobre o assunto. A Constituição trata a vedação à pena de morte como uma cláusula pétrea, que não pode ser mudada mesmo com uma proposta de Emenda à Constituição (PEC).

“Eu sei que é uma cláusula pétrea da Constituição, artigo 5º etc. Porém, existem exceções. Uma é para o desertor em caso de guerra. Por que não colocar outra exceção para crimes hediondos?”, disse o deputado ao Globo.

Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Empresa aérea europeia chega ao Brasil e presidente comemora
Brasil
Multa da Vale aumenta para R$ 300 milhões
Brasil
Papa aceita renúncia do bispo de Limeira
Brasil
Piso nacional de jornalistas pode chegar a R$ 3.270
Brasil
Ministro fala sobre indícios de irregularidades no Fundo Amazônia
Brasil
Maia assume a presidência da República
Brasil
Robson Andrade reassume CNI nesta sexta
Brasil
Clima começa a esquentar nesta sexta-feira
Brasil
Temer diz que aguardou com serenidade a decisão do STJ
Brasil
Linha de crédito a caminhoneiros pode chegar a R$ 1 bilhão

Mais Lidas

Polícia
Ex-marido esfaqueia mulher em boate ao ver localização em rede social
Geral
Vídeo - Após mulher trocar senha do wi-fi, vizinhos apedrajam casa
Polícia
Homem toma arma de policial, troca tiros com outros e morre em telhado de casa
Internacional
Por engano, funcionário serve vinho de 5.100 euros a clientes