Menu
Busca quarta, 05 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
Brasil

Bolsonaro empossa Aras

Novo procurador-geral da República terá mandato de dois anos

26 setembro 2019 - 14h51Joilson Francelino, com informações da Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro deu posse nesta quinta-feira (26) a Augusto Aras como procurador-geral da República, para um mandato de dois anos.

Em solenidade no Palácio do Planalto, Aras disse que sua gestão será pautada pelo diálogo, respeito à Constituição e “princípio da legalidade, com respeito a todos os valores que encarnam a alma do brasileiro e o espírito da nação”.

“Afirmo a suas excelências o nosso dever, que haverei de cumprir de forma democrática, buscando na Constituição a conduta necessária para que o Brasil encontre seu caminho, não somente no combate a criminalidade, mas também possa, invertendo a lupa da sua atuação até aqui [...], induzir políticas públicas, econômicas e sociais, em defesa das minorias e que tudo se faça com respeito a dignidade da pessoa humana”, disse, em seu discurso.

O procurador-geral defendeu a independência, destacou a missão de cada um dos Três Poderes da República e agradeceu a oportunidade de conduzir o Ministério Público (MP) como presidente do Conselho Nacional do Ministério Público, que congrega todos os MPs, estaduais e da União.

“É com muita honra que recebo do senhor presidente a oportunidade de conduzir o MP do Brasil, na defesa do Estado Democrático de Direito e, assim, também do sistema econômico de mercado aberto, em que as garantias das liberdades individuais, direitos e garantias fundamentais, associados a todos os valores e princípios que permeiam a Constituição Federal, possam ser velados por cada membro do MP.”

A partir de hoje, Aras já começa a pensar a estrutura e reorganizar os trabalhos administrativos da Procuradoria-Geral da República (PGR). “Queremos um Ministério Público Federal [MPF] moderno”, ressaltou. A cerimônia formal de posse está programada para o dia 2 de outubro, na sede da PGR.

Durante o ato de posse, hoje, no Palácio do Planato, o presidente Bolsonaro disse que o novo procurador-geral “é um guerreiro que vai ter em uma de suas as mãos a bandeira do Brasil e na outra a Constituição” e que o MP tem que continuar altivo, independente e extremamente responsável.

“A responsabilidade dele é enorme porque muita coisa de interesse do Brasil passa pelo MP e nós sabemos a importância desse órgão no destino da nossa nação. Não é apenas fiscal da lei, outras atribuições cabem a ele, em grande parte nós brasileiros estaremos perfeitamente alinhados com suas decisões”, disse Bolsonaro.

 

Vacinne

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Soldado é encontrado morto em quartel e família suspeita de tortura
Brasil
Corte de energia por falta de pagamento volta nesta segunda
Brasil
Dentista mata a esposa e comete suicídio
Brasil
Vídeo: Desembargador dispara xingamento durante sessão virtual
Brasil
Após evento com Tereza Cristina, Michelle testa positivo para coronavírus
Brasil
Vídeo: Diadema tem solução “mágica” para conter aglomerações
Brasil
Coronavírus mata técnico de enfermagem de 22 anos
Brasil
“Playboys” furam quarentena e carros de luxo são levados por maré
Brasil
Vídeo: Avião monomotor cai e deixa dois homens feridos
Brasil
Bolsonaro revela que 3º teste para coronavírus deu negativo

Mais Lidas

Justiça
"Fecha ou não fecha", Justiça dá três dias para Marquinhos se posicionar
Internacional
Área de explosão tinha galpões com produto químico, diz Governo Libanês
Justiça
TJ bate recorde em julho
Internacional
Sobe para 50 número de mortos por explosão em Beirute