Menu
Busca quinta, 13 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
TJMS agosto/20
Brasil

Bolsonaro obriga uso de máscara nas ruas, com exceções de comércios e igrejas

Ônibus, carros de aplicativos e aeronaves também estão na obrigatoriedade

03 julho 2020 - 11h31Joilson Francelino, com informações da Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei que torna obrigatório o uso de máscaras de proteção individual em espaços públicos e privados, mas acessíveis ao público, durante a pandemia de covid-19. A Lei nº 14.019/2020 foi publicada nesta sexta-feira (3) no Diário Oficial da União e diz que as máscaras podem ser artesanais ou industriais.

A obrigação, entretanto, não se aplica a órgãos e entidades públicos e em estabelecimentos comerciais, industriais, templos religiosos, instituições de ensino e demais locais fechados em que haja reunião de pessoas. O presidente justificou que a medida criaria obrigação ao Poder Executivo e despesa obrigatória sem a indicação da fonte dos recursos.

Pelo texto publicado no Diário Oficial, a obrigatoriedade do uso da proteção facial engloba vias públicas e transportes públicos coletivos, como ônibus e metrô, bem como em táxis e carros de aplicativos, ônibus, aeronaves ou embarcações de uso coletivo fretados.

De acordo com a nova lei, as concessionárias e empresas de transporte público deverão atuar com o poder público na fiscalização do cumprimento das normas, podendo inclusive vedar a entrada de passageiros sem máscaras nos terminais e meios de transporte. O não uso do equipamento de proteção individual acarretará multa estabelecida pelos estados ou municípios. Atualmente, diversas cidades já têm adotado o uso obrigatório de máscaras, em leis de alcance local.

Os órgãos e entidades públicos, concessionárias de serviços públicos, como transporte, e o setor privado de bens e serviços deverão adotar medidas de higienização em locais de circulação de pessoas e no interior de veículos, disponibilizando produtos saneantes aos usuários, como álcool em gel.

O texto prevê que pessoas com transtorno do espectro autista, com deficiência intelectual, com deficiências sensoriais ou com quaisquer outras deficiências que as impeçam de fazer o uso adequado de máscara de proteção facial estarão dispensadas da obrigação do uso, assim como crianças com menos de 3 anos. Para isso, eles devem portar declaração médica, que poderá ser obtida por meio digital.

Senar - agosto2020

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Michelle Bolsonaro perde avó para o coronavírus
Brasil
Acidente mata cantor sertanejo em rodovia
Brasil
Nelsinho fará parte de comitiva que vai ao Líbano
Brasil
Prefeitos querem flexibilizar pagamento mínimo da educação em 2020
Brasil
Anac autoriza táxi-aéreo a vender assento individual
Brasil
Mega sorteia R$ 6,5 milhões neste sábado
Brasil
Vídeo: motoboy sofre ofensas racistas em condomínio
Brasil
AO VIVO: Bolsonaro libera recurso para vacina contra o coronavírus
Brasil
Soldado é encontrado morto em quartel e família suspeita de tortura
Brasil
Corte de energia por falta de pagamento volta nesta segunda

Mais Lidas

Polícia
Negociação com homem que tenta suicídio, dura mais de 11 horas
Polícia
AO VIVO - Homem tenta se matar no Cophavilla
Geral
Bolsonaro corta 60% da verba destinada à Rede Globo
Polícia
Agora: Homem faz família de refém e fala em suicídio