Menu
Busca quarta, 22 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Brasil

Governo quer reduzir nível de sódio no pão francês

06 janeiro 2012 - 14h15Simão Nogueira

O governo, numa tentativa de reduzir o consumo de sódio, quer diminuir em 10% o nível da substância adicionada ao pão francês até 2014. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) lançou o "Guia de Boas Práticas Nutricionais para o Pão Francês" com o objetivo de orientar indústrias e padarias a produzir o pão com menos sódio.

Segundo a Anvisa, uma unidade de pão francês (50 g) que hoje tem em média 320 mg de sódio, deverá ter uma diminuição de 10% na adição deste componente até 2014. A redução não é obrigatória, mas, segundo a gerente-geral de Alimentos da Anvisa, Denise Resende, tem o apoio do setor.

"Não estamos trabalhando com a obrigatoriedade, estamos fazendo uma parceria com as associações do setor, que se comprometeram a divulgar o guia entre seus associados", disse Denise.

Segundo ela, a Associação Brasileira das Indústrias de Alimentação (Abia), a Associação Brasileira das Indústrias de Massas Alimentícias (Abima), a Associação Brasileira da Indústria de Trigo (Abitrigo) e a Associação Brasileira da Indústria de Panificação e Confeitaria (Abip) assinaram termo de compromisso para redução de sódio nos alimentos.

Uma das recomendações do guia é que as padarias utilizem balanças para pesar a quantidade de ingredientes utilizados na fabricação do pão francês, especialmente o sódio, pois medidas incorretas podem aumentar o nível de sal no pão. "Nossa recomendação é que os estabelecimentos adquiram a balança e pesem os ingredientes da receita para fazer essa redução [no nível de sódio]."

Segundo Denise, por questões técnicas da produção do pão francês, não é possível uma redução superior a 10% na adição de sódio. "O sal tem uma função no pão e não se consegue reduzir em mais de 10%", afirmou.

Saúde
Além do pão francês, a Anvisa pretende lançar guias de boas práticas para outros produtos."Estamos trabalhando em conjunto com o Ministério da Saúde para diminuir o nível de sal na dieta do brasileiro. Hoje, o brasileiro consome em média 12 g de sal por dia e o recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) é de 5 g, ou seja, estamos consumindo mais que o dobro", disse Denise.

Segundo a Anvisa, a redução do consumo de sal para 5 gramas por dia diminuiria em 10% a pressão arterial da população brasileira, em 15% os óbitos por acidente vascular cerebral e em 10% nos óbitos por infarto. Com essa redução, 1,5 milhão de brasileiros não precisaria de medicação para hipertensão e a expectativa de vida dos hipertensos seria aumentada em até quatro anos.

Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
STF disciplina fornecimento pelo SUS de remédio sem registro
Brasil
STF começa a julgar fornecimento de remédios de alto custo pelo SUS
Brasil
Governo está reavaliando decreto de armas, diz porta-voz
Brasil
Bolsonaro não vai à manifestação de domingo e manda ministros se afastarem
Brasil
Toffoli defende que reformas devem "enxugar" a Constituição
Brasil
Bolsonaro se reúne com ministros no Palácio da Alvorada
Brasil
Ruptura iminente faz Vale paralisar ferrovia
Brasil
“Juízes devem zelar para que pactos sejam cumpridos", diz Toffoli
Brasil
Menores vítimas de violência sexual costumam mostrar sinais
Brasil
Mega acumula e pode pagar R$ 12 mi no próximo sorteio

Mais Lidas

Internacional
Peão de MS vence rodeio nos EUA
Economia
No “Dia Livre de Impostos”, capital terá cerveja com metade do preço
Polícia
Com quatro tiros na cabeça, adolescente morre em escola
Polícia
Operação no camelódromo termina com um preso e motos apreendidas