Menu
Menu
Busca terça, 28 de maio de 2024
Secovi
Justiça

"Graves infrações" afastam juíza da Lava Jato e mais 3

Decisão do corregedor nacional de Justiça foi tomada nesta segunda-feira (15)

15 abril 2024 - 14h20Vinícius Santos     atualizado em 15/04/2024 às 14h20

O ministro Luís Felipe Salomão, corregedor nacional de Justiça, determinou o afastamento da juíza Gabriela Hardt e de três magistrados do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). 

Gabriela atuou na Operação Lava Jato como substituta do ex-juiz Sérgio Moro na 13.ª Vara Criminal Federal de Curitiba. Os magistrados do TRF-4 afastados são o juiz Danilo Pereira Júnior e os desembargadores Carlos Eduardo Thompson Flores e Lenz Loraci Flores De Lima.

A decisão de afastar Gabriela se baseia em indícios de graves infrações disciplinares e suposta violação do Código de Ética da Magistratura Nacional, além de desrespeito aos princípios da legalidade, moralidade e republicanismo. Já os integrantes do TRF-4 são acusados de descumprimento reiterado de decisões do Supremo Tribunal Federal (STF).

Essas medidas foram tomadas às vésperas da análise, pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), dos achados da inspeção realizada no berço da Operação Lava Jato. A reclamação que originou a decisão de Salomão também envolve o ex-juiz Sérgio Moro, atualmente senador.

A análise das reclamações no CNJ está marcada para a terça-feira. As possíveis sanções aos magistrados sob suspeita variam de advertências e censura até remoção compulsória, disponibilidade, aposentadoria e demissão.

Leia a decisão completa aqui.

JD1 No Celular

Acompanhe em tempo real todas as notícias do Portal, clique aqui e acesse o canal do JD1 Notícias no WhatsApp e fique por dentro dos acontecimentos também pelo nosso grupo, acesse o convite.

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 no iOS ou Android.

Reportar Erro
Assembleia - Maio24

Deixe seu Comentário

Leia Também

Valor da tarifa de ônibus a R$1,75 vale apenas para usuários Smart Card/Cartão Cidadão
Justiça
Justiça manda começar perícia nas contas do Consórcio Guaicurus
Gabriela foi assassinada com vários disparos
Justiça
Prisão de homem acusado de auxiliar em feminicídio em Campo Grande é mantida
Defensoria garante passe livre a homem com problemas na visão em Campo Grande
Cidade
Defensoria garante passe livre a homem com problemas na visão em Campo Grande
Moraes determina que PF ouça delegado preso suspeito de planejar morte de Marielle
Justiça
Moraes determina que PF ouça delegado preso suspeito de planejar morte de Marielle
STF prorroga diretriz das cotas raciais em concursos públicos
Justiça
STF prorroga diretriz das cotas raciais em concursos públicos
Fachada da Câmara Municipal de Campo Grande -
Justiça
TJ manda empossar suplente filiado ao PSDB
Alexandre de Moraes
Brasil
Recursos de delações e condenações devem ser destinados pela União, diz STF
 Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPMS) -
Interior
Ação judicial obriga reforma em unidade de acolhimento de Paraíso das Águas
F
Justiça
MPMS abre procedimento para acompanhar eleições municipais de 2024
Imagem da urna eleitoral eletrônica /
Política
Servidora pública de Douradina é condenada por propaganda eleitoral antecipada

Mais Lidas

Waldeli dos Santos Rosa -
Política
Ex-prefeito é condenado por espalhar "Deep Fake" em Costa Rica
Vítima morreu ainda no local
Polícia
Homem é morto a tiros após jogar salgado em dono de lanchonete
Campo Grande amanhece encoberta de névoa
Clima
Campo Grande amanhece com neblina e frio ganha novo aliado nesta segunda
Delegadas Elaine Benicasa e Analu Lacerda deram detalhes sobre o crime de Amalha Mariano
Polícia
Nova versão: Caminhoneiro matou corretora após discussão em caso extraconjugal