Menu
Busca sábado, 20 de julho de 2019
(67) 99647-9098
Brasil

Lula deve vetar "pacote de bondades" a servidores

02 junho 2010 - 09h30Divulgação
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve frustrar o Congresso Nacional e vetar uma emenda da medida provisória 479 – que pretende reestruturar 25 carreiras da administração pública – aprovada ontem pelo Senado. O veto vai impedir um gasto anual de R$ 1,8 bilhão aos analistas da Previdência Social, que, de acordo com a emenda, teria o direito de ingressar na carreira de auditor da Receita Federal. Com a mudança, a categoria será incluída no quadro do Ministério da Fazenda. O trecho que deve ser barrado havia sido incluído pela Câmara junto a outras emendas, que já haviam elevado em R$ 3,3 milhões os gastos previstos pelo governo. Lula enviou a MP prevendo despesas anuais de R$ 31,7 milhões, mas o valor deve chegar a R$ 35 milhões graças à relatora da MP, deputada Gorete Pereira (PR-CE), que acatou 45 emendas integralmente e 18 parcialmente, transformando cargos, estendendo gratificações, aumentando salários e incorporando carreiras. Há quatro meses das eleições, alguns senadores lamentaram que outras categorias tenham ficado de fora do "pacote de bondades". O líder do DEM, senador José Agripino (RN), votou favoravelmente ao projeto “para não prejudicar outras carreiras”, mas pediu que os Analistas da Receita Previdenciária fossem incluídos em uma próxima medida provisória. O senador petista Augusto Botelho (RR) queria que os funcionários do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) também entre na próxima leva. (Com informações Midiamax)
1/4 colchões

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Após dizer que passar fome no Brasil é "uma grande mentira", Bolsonaro volta atrás
Brasil
Bolsonaro fala sobre perseguição terrorista
Brasil
Revalida terá duas edições por ano
Brasil
Bolsonaro anuncia inclusão de autistas no Censo 2020
Brasil
Mega acumula e pode pagar R$ 22 mi no sábado
Brasil
Abono do PIS/Pasep começa a ser pago na próxima quinta-feira
Brasil
Lista de espera do ProUni já está disponível para consultas
Brasil
Procurador apoia delegado na Funai e dispara “existem muitas mentiras”
Brasil
Bolsonaro participa da cúpula do Mercosul, na Argentina
Brasil
Jovem que morreu em cachoeira se desequilibrou ao tirar 'selfie'

Mais Lidas

Polícia
Jovem é abordado por dupla e baleado na cabeça
Política
Delegado da PF assume presidência da Funai, com apoio de ruralistas
Polícia
Mulher tenta transportar droga em carro de aplicativo
Polícia
Brasileiro que matou ex-mulher pega prisão perpétua no Reino Unido