Menu
Busca domingo, 25 de outubro de 2020
(67) 99647-9098
TJMS outubro20
Brasil

Michelle Bolsonaro quer tirar do ar música “Micheque”, do Detonautas

Canção faz alusão aos depósitos de R$ 89 mil reais de Fabrício Queiroz na conta da primeira-dama

28 setembro 2020 - 13h55Brenda Assis

A música da banda Detonautas, ‘Micheque’ que satiriza os depósitos de R$ 89 mil na conta bancária de Michelle Bolsonaro, feitos por Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, está incomodando a primeira dama do Brasil. Segundo o jornal O Globo, ela busca na Justiça a possibilidade de censurar a composição de Tico Santa Cruz.

Na internet, a informação gerou revolta e uma mobilização para que seja amplamente escutada. Com a repercussão, Detonautas ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter neste sábado.

De acordo com o jornal, na última quinta-feira, 25, Michelle Bolsonaro prestou queixa contra a banda por causa da música, alegando ser vítima de injúria, calúnia e difamação, e pede que a composição seja retirada imediatamente de todas as plataformas digitais.

Michelle Bolsonaro ainda tenta que a música do Detonautas seja proibida de ser executada em qualquer lugar público ou privado.

A música tem a participação especial de Marcelo Adnet imitando a voz do presidente Jair Bolsonaro. Além da sátira à pergunta que viralizou em todo país: ”Bolsonaro, por que sua esposa, Michelle, recebeu R$ 89 mil de Fabrício Queiroz?”, ‘Micheque’ ainda faz referências ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e a seus filhos: Flávio Bolsonaro (zero um, que foi apelidado de “Willy Wonka”, por suspeita de utilizar loja de chocolates para lavagem de dinheiro no caso das rachadinhas de Queiroz); Eduardo Bolsonaro (zero dois, que ficou com o apelido de “Bananinha”) e Carlos Bolsonaro (zero três, apelidado de “Tonho da Lua”, por supostamente ser parecido com o personagem da novela “Mulheres de Areia”).

“Hey Michelle, conta aqui para nós, a grana que entrou na sua conta é do Queiroz? Hey capitão, como isso aconteceu? Levante a mão pro alto e agradeça muito a Deus. Zero um é o Willy Wonka, zero dois é o Bananinha, zero três o Tonho da Lua que comanda a turminha. Passa o dia conspirando, arrumando confusão, mas é tudo gente boa, gente de bom coração”, diz um trecho da música.

Confira a música:

CertFica

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Criador de 'bigodin finin, cabelin na régua' morre afogado no RJ
Brasil
AO VIVO: STF decide se ICMS do gás fica no MS
Brasil
Senador que morreu de coronavírus minimizava a doença
Brasil
Senador Arolde de Oliveira morre de coronavírus
Brasil
Filha de 9 anos flagra pai estuprando menina de 5 na lateral da casa
Brasil
Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello está com coronavírus
Brasil
Jorge, da dupla Jorge e Mateus, engravida melhor amiga da ex-mulher
Brasil
Mulher leva soco, esfaqueia marido e vai presa
Brasil
PF cumpre mandados por fraudes na Petrobras na Operação Lava Jato
Brasil
Pelo segundo ano consecutivo Brasil não terá horário de verão

Mais Lidas

Polícia
Idoso que atirou em cachorro leva multa em R$ 2 mil
Cultura
A Fazenda 2020: Jojo Todynho bebe demais, 'arranca roupa' e corre pela casa
Cultura
Som da Concha traz diversidade de shows neste final de semana
Polícia
Empresa de segurança avisa dono, que casa estava sendo furtada e um acaba preso