Menu
Busca domingo, 25 de julho de 2021
(67) 99647-9098
TJMS julho-21
Brasil

Não quer ser "perturbado" por telemarketing? Saiba como

Medida proíbe ligação dos telemarketings de telefônicas a partir desta terça

16 julho 2019 - 11h35Joilson Francelino

Está cansado de receber ligações indesejadas de operadoras telefônicas e deseja acabar com isso? Entrou em vigor nesta terça-feira (16) a lista “Não Perturbe” para operadoras de telecomunicações.

Os clientes incluídos nesse grupo não poderão ser objeto de ligações de telemarketing de empresas para a venda de serviços, como pacotes de telefonia, acesso à internet e TV paga. A medida foi uma determinação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Clique aqui para incluir seu nome na lista.

A lista vai ser única e atingirá as principais empresas do setor: Algar, Claro/Net, Nextel, Oi, Sercomtel, Sky, TIM e Vivo. Essas empresas também deverão, nesse prazo, criar e divulgar amplamente um canal por meio do qual o consumidor possa manifestar o seu desejo de não receber ligações.

Segundo a Anatel, se uma pessoa solicitar a sua inclusão e continuar recebendo ligações de oferta de bens e serviços de telecomunicações, ele pode ligar para o número 1331 e fazer uma reclamação. As sanções podem variar de advertência a multa de até R$ 50 milhões.

Outras medidas

Outra decisão da Anatel é que essas empresas não poderão mais efetuar ligações telefônicas com o objetivo de oferecer seus pacotes ou serviços de telecomunicações para os consumidores que registrarem o número na lista nacional a ser criada.

As companhias vão ter de abrir canais para que seus clientes possam solicitar a inclusão no grupo, que passará a não poder mais receber ligações com ofertas de serviços de telecomunicações. Assim, na prática, as empresas ficam impedidas se oferecer seus produtos e serviços utilizando o telemarketing.

A agência determinou ainda que as áreas técnicas estudem medidas para combater os incômodos gerados por ligações mudas e realizadas por robôs, mesmo as que tenham por objetivo vender serviços de empresas de setores não regulados pela Anatel. Segundo a Anatel, estudos de mercado estimam que pelo menos um terço das ligações indesejadas no Brasil são realizadas com o objetivo de vender serviços de telecomunicações.

Além dessa iniciativa, a Anatel deve discutir novas ações relacionadas à prática do telemarketing. De acordo com o comunicado do órgão, o Conselho Diretor da autoridade solicitou que a área técnica elabore propostas para limitar os abusos nessas chamadas, mesmo que de outros serviços fora da área de telecomunicações.

Cruzeiro do Sul - 44 anos

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Deputada diz que inicialmente suspeitou que mal-estar causou lesões
Brasil
Nascidos em julho recebem auxílio neste sábado
Brasil
Homem é preso após invadir apartamento e estuprar idosa
Brasil
Netflix aumenta valores dos planos de assinatura; veja novos preços
Brasil
Homem mata ex com cinco tiros e comete suicídio em seguida
Brasil
Mulher se nega a tomar vacina contra covid e é demitida por justa causa
Brasil
Vídeo: Mulher flagra marido com travesti dentro do carro e 'pancadaria come solta'
Brasil
Mulher é presa por forjar sequestro dela e do filho e pedir R$70 mil de resgate
Brasil
Vídeo: 'Não contavam com a minha astúcia', bandido é morto por segurança durante assalto
Brasil
Covid: 130 mil crianças perderam um dos responsáveis no Brasil, diz estudo

Mais Lidas

Polícia
Mãe e filha são ameaçadas e têm carro riscado ao pedir para vizinha abaixar o som
Polícia
Pais são presos suspeitos de torturar, abusar e matar filho de 1 ano
Polícia
Funcionária esquece cartão em sacola de roupas e cliente gasta R$ 856
Polícia
Atirador em gol rebaixado faz uma vítima no Moreninhas III