Menu
Busca sábado, 17 de abril de 2021
(67) 99647-9098
Governo Balada - topo - abril21
Brasil

No Dia Mundial da Água, diferenças para obter recurso são fotografadas

22 março 2011 - 14h17
O acesso à água potável ainda é um desafio diário para grande parte das populações do mundo. Compiladas pela BBC para o Dia Mundial da Água nesta terça-feira (22), imagens mostram as diferenças entre países em que água é um bem facilmente acessível e outros em que conseguir o recurso é uma tarefa arriscada e difícil. Apesar das inúmeras fontes naturais de água no mundo - rios e lagos, em geleiras e aquíferos, chuva e neve - a quantidade de água que diferentes países conseguem extrair para fornecer a seus cidadãos varia bastante. Um estudo da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO) identificou países em que a demanda por água excede a oferta natural do recurso. Segundo a organização, as nações onde isso acontece fazem maior pressão sobre as fontes de água doce. No topo da lista dos que mais utilizam o recurso está a península árabe, onde a demanda por água doce excede em 500% a disponibilidade na região. Isso significa custos adicionais para que a água seja trazida de fora - por caminhões pipa ou aquedutos, ou através da dessalinização. Países como o Paquistão, o Uzbequistão e o Tadjiquistão também estão muito próximos de utilizar 100% de sua oferta de água doce, assim como o Irã, que usa 70% de seus recursos hídricos. De acordo com os dados da FAO, o norte da África é outra área sob pressão, em que a Líbia e o Egito particularmente são afetados. A região possui somente metade da água doce que os países consomem. Mas, a maior pressão sobre as fontes de água doce não está necessariamente nos lugares mais secos, mas nas regiões com o maior percentual da população global. O sul da Ásia, por exemplo, consome quase 57% de sua água doce, mas abriga quase um terço da população mundial. Situações que alterem a distribuição de água nessa região - causadas por mudanças climáticas, pelo aumento do número de terras irrigadas ou pelo aumento do uso geral de água - ameaçam a vida de bilhões. No leste da Ásia o consumo proporcional é menor. Os países da região usam em média apenas 20% das suas reservas hídricas. No entanto, um terço da população do mundo vive ali. O Brasil consome 0,72% da sua água doce renovável ou 331,48 metros cúbicos por habitante a cada ano, segundo a FAO. No entanto, 0,4% são exclusivos para a agricultura. Fonte: G1
APP JD1_apple

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Pesquisadores encontram metais tóxicos em peixes do Rio Doce em Mariana
Brasil
Mega-sena aculumada pode pagar hoje R$ 40 milhões
Brasil
Dá vontade né: Israel suspenderá uso de máscaras ao ar livre
Brasil
Pastor da Assembleia de Deus diz que vai orar pela morte de Paulo Gustavo
Brasil
Garota de programa é presa acusada de estuprar ex-namorado
Brasil
Orgia de Felipe e amigos em casa do Airbnb viraliza
Brasil
Bolsonaro escreve carta a Biden e se compromete a "eliminar o desmatamento ilegal"
Brasil
Correios é incluído no Programa Nacional de Desestatização
Brasil
"Teremos grandes avanços em breve", dispara Reinaldo em fábrica de vacinas
Brasil
Paulo Gustavo completa 1 mês de internação por Covid-19

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio