Menu
Busca domingo, 26 de janeiro de 2020
(67) 99647-9098
Perkal Topo - janeiro-20
Brasil

STJ: motoristas de Uber não podem reivindicar direitos na Justiça trabalhista

A decisão se deu pelo fato de não ter vínculo empregatício com o aplicativo

04 setembro 2019 - 15h34Joilson Francelino, com informações da Agência Brasil

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que os motoristas de Uber não têm vínculo empregatício e, por isso, não podem reivindicar direitos na Justiça trabalhista. A decisão, publicada nesta quarta-feira (4), foi tomada na semana passada, por unanimidade, pelos dez ministros que compõem a Segunda Seção da Corte.

O entendimento foi alcançado no julgamento de um conflito de competência, em que coube ao STJ definir qual ramo da Justiça deveria julgar um pedido de indenização feito por um motorista após o Uber bloqueá-lo por má-conduta.

O motorista processou o aplicativo na Justiça de Minas Gerais, alegando danos materiais por ter ficado impossibilitado de trabalhar. Contudo, por entender tratar-se de um conflito trabalhista, o juízo estadual enviou o caso para a Justiça do Trabalho, que tampouco reconheceu ser competente para julgá-lo.

Ao definir a competência da Justiça comum para analisar o processo, o relator no STJ, ministro Moura Ribeiro, afirmou que os “motoristas de aplicativo não mantêm relação hierárquica com a empresa Uber, porque seus serviços são prestados de forma eventual, sem horários pré-estabelecidos, e não recebem salário fixo, o que descaracteriza o vínculo empregatício entre as partes”.

Para o ministro, o motorista de aplicativo é um trabalhador autônomo. “Afastada a relação de emprego, tem-se que o sistema de transporte privado individual, a partir de provedores de rede de compartilhamento, detém natureza de cunho civil”, afirmou. Ele foi acompanhado por todos os demais ministros da Segunda Seção do STJ.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Mega deve pagar R$ 40 mi neste sábado
Brasil
Bolsonaro não recriará Ministério da Segurança
Brasil
''Deus perdoa, a sociedade não'', diz advogada de Bruno
Brasil
Se a pasta de Segurança for reformulada, Moro continua, garante Bolsonaro
Brasil
Vídeo - Prédio desaba com rachadura na contrução
Brasil
Confiança do empresário sobe 65,3 pontos em janeiro
Brasil
Bolsonaro aguarda ajuste do TCU para contratar militares da reserva
Brasil
Minha Mãe é uma Peça 3 se torna a maior bilheteria nacional
Brasil
Conselho da Amazônia deve iniciar atividades em março, diz Mourão
Brasil
Mega acumula e deve pagar R$ 35 mi na quinta-feira

Mais Lidas

Polícia
Após denúncia, jovem é multada em R$ 1 mil por maus-tratos a cão
Geral
Astro do basquete, Kobe Bryant e filha morrem em acidente de helicóptero
Economia
Pequenos negócios devem aderir Simples Nacional até dia 31
Polícia
Jovem motociclista morre em colisão na avenida das Bandeiras na capital