Menu
Busca quarta, 15 de julho de 2020
(67) 99647-9098
TJMS julho20
Brasil

Todos votarão em mim, diz Bolsonaro ao sinalizar reeleição

O presidente está passa o feriado em sua cidade natal, onde agradeceu aos votos

20 junho 2019 - 16h23Joilson Francelino

O presidente Jair Bolsonaro(PSL) agradeceu nesta quinta-feira (20) em Eldorado, no interior de São Paulo – cidade em que foi criado -, todos os votos que recebeu na eleição presidencial de 2018 e se mostrou otimista para a possibilidade de reeleição, afirmando que, “lá na frente”, todos votarão nele.

 

“[Eldorado] é uma prova viva de que todos nós podemos chegar no local que queremos e lutamos por ele. Eu quero mudar o Brasil juntamente com vocês. Meu muito obrigado a quem votou e quem não votou em mim. Lá na frente, todos votarão, tenho certeza”, disse Bolsonaro.

 

As imagens do discurso foram transmitidas ao vivo pelas redes sociais do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente. Bolsonaro foi ovacionado pelo público, aos gritos de “Mito!” e “Chupa petralha”, em referência aos militantes do PT. Em outro vídeo, o presidente aparece emocionado em um avião particular ao chegar em Eldorado.

Vacinne

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Luan Santana demite banda
Brasil
Justiça determina pagamento de Indenizações a novos atingidos por rompimento em Mariana
Brasil
“Não atingi a honra das Forças Armadas”, diz Gilmar Mendes
Brasil
“Bêbada de Curitiba” morre após luta contra o câncer
Brasil
Famoso por velar a mãe sozinho, José morre queimado
Brasil
Vídeo: ventania causa destruição em São Luiz
Brasil
Vídeo: empresário morre após cair de parapente
Brasil
Adolescente encontra dedo humano dentro de esfirra
Brasil
Estudante picado por naja no DF tem melhora no quadro de saúde
Brasil
Vídeo: a picada quase fatal, de naja em “play boy”

Mais Lidas

Polícia
“Encontraram o monstro”, diz primo de Carla sobre assassino
Polícia
Ex-patroa é denunciada por abandono de incapaz que resultou em morte
Saúde
MP solicita inspeção em frigoríficos no interior
Polícia
Comerciante foi morta porque reconheceu voz de ex-funcionário, diz investigação