Menu
Busca domingo, 27 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Cidade

Campo Grande receberá congresso nacional de arborização

Com prestígio internacional, capital sediará congressos e eventos ligados à arborização urbana

13 fevereiro 2020 - 18h32Sarah Chaves, com informações da assessoria

A cidade de Campo Grande, começará a receber congressos e campeonatos internacionais na área de arborização, devido ao reconhecimento da cidade morena como Tree City of the World – “Cidade Árvore do Mundo” – pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) e pela Arbor Day Foundations, maior organização não-governamental do mundo da área de arborização urbana.

Agora a capital integra uma seleta rede global de cidades com prestígio internacional por sua liderança em florestas urbanas e comunitárias.

Campo Grande vai sediar este ano o XXIV Congresso Brasileiro e o III Ibero-Americano de Arborização Urbana, que será realizado no segundo semestre.  Eles terão como tema: A Cidade na Mata. Contribuição da Natureza para as Pessoas”. O objetivo é instigar a reflexão sobre a presença humana nos geobiosistemas, conectando efetivamente as estruturas ambientais e sociais em direção a cidades mais sustentáveis e biodiversas”.

Para o prefeito Marquinhos Trad, o status de Tree City of the World resulta da união de esforços entre poder público e sociedade na preservação das nossas árvores. “Estamos prontos para bem recepcionar e acolher, em setembro deste ano, todos os participantes dos Congressos de Arborização Urbana e Campeonatos em escalada que aqui serão realizados. Eventos de imensa relevância para nossa Capital e Estado, onde dispomos dos biomas Pantanal e Cerrado”, enfatizou o prefeito.

O presidente da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, Sérgio Chaves, destaca a importância do reconhecimento mundial e as oportunidades advindas. “É motivo de orgulho para o campo-grandense receber um título de tamanha expressão. O reconhecimento à cidade, escolhida entre 59 cidades no mundo, vai atrair recursos e investimentos em toda cadeia produtiva da arborização urbana nas cidades. Fundamentalmente, os investimentos em arborização urbana estão na vontade política. Esse é de responsabilidade implícita do gestor, que tem que olhar a arborização urbana como política pública de valor para a sua cidade, capaz de trazer inúmeros benefícios, dentre tantos, o conforto ambiental que se estende aos munícipes e fauna existente entre diversos aspectos”, ressalta.

O secretário municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana, Luís Eduardo Costa, frisa que mais uma vez a Capital é referência nacional e internacional. “A administração trabalha em prol do cidadão e isso resulta no desenvolvimento de programas e ações que tornam-se referência para as demais cidades. Além de voltarmos a sediar grandes encontros nacionais”, destaca o titular da Semadur.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Plano de emergência tenta evitar desabastecimento em Corumbá
Cidade
Procon Estadual autua seis agências bancarias na capital
Cidade
Prefeitura libera apresentação de artistas de outros estados, na capital
Cidade
Mais de 5 mil aulas para 1º CNH foram realizadas de forma online em MS
Cidade
Procon flagra irregularidades em revendedoras de gás de cozinha
Cidade
Sete mil mudas de árvores frutíferas serão entregues neste sábado
Cidade
Decreto permite aumentar o número de passageiros em pé dentro dos ônibus
Cidade
Evite filas: INSS oferece serviço expresso para entrega de documentação
Cidade
Golpistas se passam por arquitetos na capital
Cidade
Parque das Nações deve reabrir dia 9 de outubro

Mais Lidas

Geral
Empresário morre após perder controle do carro na MS-276 e colidir contra uma árvore
Política
Após polêmica, Siqueira anuncia que é candidato a prefeito de Campo Grande
Polícia
Homem é executado a tiros enquanto dançava com a irmã
Polícia
Idoso contratado para levar carga de cocaína avaliada em R$ 4,3 milhões acaba preso