Menu
Busca terça, 26 de janeiro de 2021
(67) 99647-9098
Governo Futebol
Economia

MS cria quase 6 mil novos empregos e é o terceiro no ranking nacional

21 junho 2011 - 10h38Arquivo

O Centro-Oeste gerou 21.829 novos postos de trabalho com carteira assinada em maio, um crescimento de 0,80% em relação ao mês de abril. Em termos relativos, a região manteve o segundo melhor resultado entre as regiões do país, conquistado no mês passado, ficando atrás apenas do Sudeste, de acordo com dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). Os números foram apresentados nesta terça-feira (20) pelo ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi.

Ainda considerando-se o mês de maio, Mato Grosso do Sul abriu 5.947 novos postos de trabalho, atrás apenas de Goiás, que contabilizou 12.218 novas vagas com carteira assinada. MO Estado de Mato Grosso criou em maio 3.626 novos empregos, e o Distrito Federal gerou 38 empregos, no mesmo período.

Com esse resultado, Mato Grosso do Sul liderou a geração de empregos no Centro-Oeste em maio: cresceu 1,37%, ficando em 3º lugar no ranking nacional da geração de emprego com carteira assinada. Ainda em termos relativos, Goiás ficou em quanto lugar no ranking nacional ao registrar crescimento de 1,16%, no mesmo período. O Distrito Federal cresceu 0,01% e o Mato Grosso 0,66%, no mês de maio, em relação a abril.

No acumulado do ano, o Centro-Oeste registrou a criação de 132.650 empregos, crescimento de 5,03% ocupando o terceiro lugar em relação às demais regiões do país. Entre os estados da região, nesse mesmo período, o estado de Goiás se destacou com a criação de 65.719 vagas de emprego com carteira assinada e crescimento de 6,54%. Merecem destaque os Estados de Mato Grosso, com 25.703 vagas criadas e crescimento de 4,85%, e Mato Grosso do Sul, com 22.854 novas vagas e crescimento de 5,43%. O distrito Federal criou 18.374 empregos e registrou crescimento de 2,69%, no mesmo período.

Nos últimos 12 meses foram criados 160.547 empregos, na região Centro-Oeste do país. O crescimento relativo do emprego na região, no período, foi de 6,15%, sendo que o estado de Goiás foi responsável pela criação de 73.147 postos de trabalho, com crescimento de 7,34%; Mato Grosso respondeu pela criação de 29.374 empregos, com crescimento de 5,58%; o Distrito Federal criou 29.317 vagas e cresceu 4,36%; e Mato Grosso do Sul, que respondeu pela criação de 28.709 novos empregos, cresceu 6,92%.

(Com informações do MTE)

senar janeiro21

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Governo aprova auxílio emergencial para 196 mil pessoas
Economia
Confaz divulga nova tabela de preços médios de combustíveis
Economia
Loja virtual terá produtos excluvisos de profissionais de MS
Economia
Repasses a municípios de MS cresceram 10% em 2020
Economia
Governo autoriza cessão da Gruta do Lago Azul ao município de Bonito
Economia
Governo federal lança sistema para simplificar a abertura de empresas
Economia
Nascidos em setembro podem sacar parcela do auxílio nesta quarta
Economia
Pagamento do calendário 2021 do Bolsa Família começa nesta segunda
Economia
Caixa libera saque do auxílio emergencial para nascidos em agosto
Economia
Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 17 milhões

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio