Menu
Busca quinta, 13 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
TJMS agosto/20
Economia

Saiba como economizar energia elétrica em casa ou no comércio durante pandemia

A Energisa reuniu muitas dicas para reduzir o preço da conta no fim do mês

06 junho 2020 - 13h15Priscilla Porangaba, com informações da assessoria

Com a família mais tempo em casa, trabalhando à distância em teletrabalho ou homeoffice pode ser sinônimo de conta de energia mais alta no fim do mês. Confira dicas de como economizar energia elétrica, evitando que o consumo suba no fim do mês, tanto em casa, como no comércio.

A Helier Fioravante, gerente comercial da da Energisa Mato Grosso do Sul explicou como as atividades do dia a dia influenciam na conta no fim do mês. “Mais tempo em casa significa mais celular sendo carregado, ventiladores ou ar condicionado ligados por mais tempo, mais vezes que a geladeira é aberta, e por aí vai. Tudo isso influencia e impacta no fim do mês”.

Uma dica que faz a diferença é escolher um ambiente ventilado e com iluminação natural para trabalhar. Assim, não é preciso acender as luzes durante o dia, e se o clima estiver mais fresco, é possível evitar o ventilador. Se o calor for intenso e o uso do ar condicionado for inevitável, priorize a temperatura a partir de 23ºC.

Sempre que possível, evite deixar a TV ligada sem necessidade, carregue o celular somente quando realmente estiver com pouca carga e tire da tomada quando chegar ao 100%. Depois que terminar, tire também o carregador da tomada, para evitar fuga de energia.

Evite extensões, que além do risco de sobrecarregar a rede interna do imóvel, a extensão pode fazer o equipamento trabalhar mais e assim, consumir mais energia. Quanto mais ar quente entra na geladeira, mais o aparelho consome energia para manter a baixa temperatura, então a dica é usar garrafa térmica.

Sobre trabalhar em casa, a dica é que durante os intervalos desligue o monitor do computador, pois essa é a parte do aparelho que mais consome energia.

Para o comércio, as dicas são analisar se todos os equipamentos elétricos precisam ser realmente ligados. Repensar a disposição dos móveis na loja priorizando a iluminação e ventilação natural.

Se for possível usar menos eletrodomésticos com segurança para os clientes com mudanças no formato da loja, verifique se as borrachas para saber se está vedando o aparelho corretamente. E se for usar ar condicionado, ffaça a limpeza dos filtros corretamente e tente deixar em uma temperatura que não precise consumir mais energia para funcionar, a partir dos 23º graus.

 

 

Senar - agosto2020

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
FGTS vai distribuir R$ 7,5 bi em lucros aos trabalhadores
Economia
Preços da gasolina e eletricidade impactaram inflação de julho
Economia
Confira quem pode sacar o FGTS emergencial nesta segunda
Economia
Com totens indicativos, produtos de MS ganham destaque nas prateleiras
Economia
Caixa abre agências neste sábado para beneficiários do auxílio
Economia
Capital: Cesta básica teve alta em julho, diz Dieese
Economia
Associação Comercial não quer fechamento da capital por 14 dias
Economia
Ministério da Economia quer o fim da meia-entrada nos cinemas
Economia
Salário de servidores estaduais é pago nesta segunda
Economia
Receita prorroga suspensão das ações de cobrança até 31 de agosto

Mais Lidas

Geral
Infectologista diz que contaminação de frango por Covid-19 "é pouco provável"
Geral
AO VIVO: MP fala sobre volta das aulas presenciais nas escolas
Polícia
Ladrão não consegue furtar residência e morre eletrocutado ao tentar fugir
Saúde
"Nosso estoque é zero", diz ministro da Saúde sobre hidróxicloroquina