Menu
Busca terça, 20 de outubro de 2020
(67) 99647-9098
Sebrae/mulher
Economia

Vacinação contra aftosa termina nesta quarta-feira

30 novembro 2011 - 08h22Arquivo

O prazo para a vacinação do rebanho contra a febre aftosa na região de Planalto e da Zona de Fronteira, antiga Zona de Alta Vigilância, termina nesta quarta-feira (30). Quase 90% dos animais já haviam sido imunizados, de acordo com o último levantamento da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro). A meta é imunizar cerca de 21 milhões de bovinos.

Na região do pantanal a campanha vai até o dia 15 de dezembro. A expectativa é vacinar 100% do rebanho bovino e bubalino, de mamando a caducando. No total, são cerca de 21 milhões de animais, segundo a Iagro.

Este ano, a declaração da vacinação deve ser entregue pela internet até 15 dias após a imunização. A medida tem a proposta de unificar as informações da Iagro e da Secretaria de Fazenda sobre o rebanho bovino e bubalino existente em cada propriedade.

CertFica

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Dólar fecha abaixo de R$ 5,60 com recuperação da China
Economia
Cliente da Caixa pode contratar crédito habitacional por aplicativo
Economia
Auxílio é pago para beneficários do Bolsa Família com NIS final 1
Economia
Beneficiários recebem mais uma parcela do Ciclo 3 do auxílio
Economia
Aposta de Santos ganha sozinha mais de R$ 6,6 milhões na Mega-Sena
Economia
Profissionais do esporte tem auxílio emergencial vetado por Bolsonaro
Economia
INSS prorroga benefícios para usuários sem comprovação de vida
Economia
Nascidos em setembro já podem sacar parcela do auxílio
Economia
Caixa paga abono salarial para nascidos em outubro; veja como receber
Economia
Comerciantes se animam com reabertura da fronteira dia 15

Mais Lidas

Geral
Energisa rebate Procon e fala em reclamações improcedentes
Internacional
Jovem é presa tentando entrar com dinamite em presídio onde estão membros do PCC
Política
Ibope - Gestão de Marquinhos tem 52% de aprovação e 16% de rejeição
Política
Projeto do marco legal das startups é encaminhado ao Congresso