Menu
Busca quinta, 19 de maio de 2022
(67) 99647-9098
Camara Maio22
Geral

Cobranças de multas em cancelamento de planos de telefonia pode ser proibido

A proposta só valerá em caso de furto ou roubo do chip ou do celular

02 setembro 2018 - 16h52Da redação com informações da Assembleia Legislativa

O projeto de lei apresentado na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul quer vedar a cobrança de cancelamento de planos de telefonia, nos casos de furto ou roubo do aparelho ou chip do celelar. A proposta foi apresentada pelo deputado estadual Felipe Orro (PSDB).

A proposta determina que a proibição de cobrança se dará enquanto estiver na vigência de contrato de permanência mínima. Assim, ficará proibido cobrar do consumidor uma  “mensalidade ou quaisquer outros encargos a partir da comunicação da ocorrência do furto ou roubo do aparelho ou chip celular”.

O deputado explicou que o projeto visa coibir o comportamento abusivo por parte das concessionárias de telefonia móvel, ao impedi-las de efetuar qualquer cobrança "após a comunicação, pelo usuário, do fato fortuito". 

"Se, por lado, não cabe impor à empresa o ônus de arcar com furto do aparelho, por outro, também não há que se exigir dos consumidores o pagamento de multa contratual relativa à recisão antecipada”, disse o deputado.

 

Energisa

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
CPI da Energisa terá novo sorteio de medidores
Geral
STF anuncia parceria com TSE para programa de combate a desinformação
Geral
Missa de um ano de Nilson Guasso será nesta quinta
Geral
Doe você também: Lar de idosos realiza campanha 'Aqueça Um Idoso'
Geral
Pais processam Apple após alerta de AirPods romper tímpanos de jovem
Geral
Ex-presidente Lula irá se casar hoje em São Paulo
Geral
Mulher pede ajuda em bar e é socorrida com hipotermia na Capital
Geral
Separados, Joelma acusa Ximbinha de não pagar pensão da filha
Geral
Golpe com nome do Atacadão chama atenção nas redes sociais
Geral
Prefeito de Pedro Juan está em 'fase crítica', após atentado na fronteira

Mais Lidas

Polícia
Detento é encontrado morto em cela no presídio da Gameleira
Política
Luiz Renato é o novo secretário de Fazenda de MS
Geral
Mulher pede ajuda em bar e é socorrida com hipotermia na Capital
Interior
Furioso, marido morde e arranca parte de orelha de esposa