Menu
Busca segunda, 24 de junho de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Compadre Washigton está internado após assalto

O cantor deu entrada no hospital na madrugada desta segunda, em São Paulo

20 maio 2019 - 18h45Matheus Henrique, com informações do G1

O cantor Compadre Washigton está internado, desde a madrugada desta segunda-feira (20), no Hospital das Clínicas, em São Paulo, depois de um assalto, logo após de participar da Virada Cultural. O músico caiu e feriu a cabeça.

Segundo a assessoria do cantor, logo após a apresentação, ele esteve em uma lanchonete e foi assaltado na Rua da Consolação. "A produção da banda informou que o músico teve o seu aparelho de telefone roubado e sofreu uma queda que ocasionou um ferimento na cabeça, sendo prontamente encaminhado para uma unidade de saúde.", diz a nota divulgada.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), um dos assaltantes deu uma “rasteira” na vítima e, com o tumulto, os autores fugiram. O caso foi registrado no 78º distrito Policial, em São Paulo.

Assembleia para todos - junho-19

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Homem morre após sofrer acidente em rodovia
Geral
Oposição vence eleição à prefeitura em Istambul
Geral
Licenciamento de placas com finais 4 e 5 devem ser pagos nesta semana
Geral
EUA buscam coalizão global contra Irã
Geral
Arraiá saudável
Veja dicas de como participar das festanças e não sair com a saúde prejudicada
Geral
Jovem pesquisador quer ouvir professores de MS sobre gênero e sexualidade
Geral
Influenciadores digitais se reúnem para discutir educação financeira
Geral
Condutas globais no varejo da construção civil será tema do Café com Negócios
Geral
Junho Vermelho: sábado é boa oportunidade para doar sangue
Geral
Vídeo - Local onde funcionava a Wood's será igreja após exorcismo

Mais Lidas

Polícia
Vídeo- Ao voltar de festa junina, jovens morrem em acidente de moto
Brasil
Pai encontra corpo da filha desaparecida na casa do ex-namorado
Polícia
Ex-namorado mata mulher a golpes de canivete
Polícia
Pai atira em filho por causa de cobrança de dívida e foge