Menu
Busca terça, 29 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Geral

Consumidor vai comprar pelo menos três presentes neste Natal

25 novembro 2011 - 13h37Arquivo

Levantamento realizado pela Fecomércio, em parceria com a Anhanguera-Uniderp e FMB revela que a maioria dos entrevistados vai às compras (77%), o que deve injetar R$ 460.648.722,00 no comércio varejista de MS. "Vale lembrar que cada comprador pensa em comprar pelo menos três presentes, o que poderá aumentar as atividades e montantes de vendas prevista para este Natal. Soma-se a isto o auto presente, ou seja, 3% dos consumidores darão presentes para si mesmo", comenta o pesquisador do Nepes Anhanguera-Uniderp, José Francisco dos Reis Neto.

Os presentes escolhidos não diferem muito das outras datas festivas analisadas. Neste Natal os consumidores irão comprar roupas (26%), brinquedos (12%), perfumaria (11%), calçados (11%), acessórios (10%), eletroeletrônicos (9%). Também, aparece na sua preferência de compra o celular (3%), pacotes de viagem (2%) e móveis (2%).

Quando perguntados o que desejam ganhar no Natal, os consumidores não diferem muito da sua intenção de compra. Relacionam roupas (19%), perfumaria (11%), calçados (11%) e eletroeletrônicos (10%), viagens (7%), acessórios (7%) e celulares (6%), como os principais.

Forma de pagamento – De uma forma geral, nas onze cidades pesquisadas (Aquidauana, Anastácio, Campo Grande, Chapadão do Sul, Corumbá, Ladário, Dourados, Naviraí, Paranaíba, São Gabriel d´Oeste e Três Lagoas), a maioria dos consumidores deverá comprar à vista (76%) e a escolha de pagamento em dinheiro é a preferida para 61% dos entrevistados, seguida pelo cartão de crédito (20%), cartão de débito (9%) e o cheque deve ser usado por 3% dos entrevistados.

A decisão de compra estará associada ao desconto no preço. Segundo a pesquisa, 29% dos entrevistados vão querer descontos. Para 23% a promoção no preço está condicionada a sua forma de preferência de pagamento à vista. "Ele exigirá um preço mais interessante de tal forma que perceba que o pagamento à vista é compensativo. Estes são elementos importantes a serem considerados pelos lojistas, pois a marca do produto (10%), localização da loja (5%) e o nome da loja (4,5%) têm uma participação menor na sua decisão de compra", comenta o pesquisador.

Poucos consumidores irão às compras com antecedência. Apenas 13% deverão ir compras com até 10 dias antes do Natal. No entanto, quase metade, 48% dos consumidores irão comprar nos últimos 10 dias para o Natal e 18% na véspera. 21% ainda não sabem quando irão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Corumbá recebe duas aeronaves para auxiliar as equipes nos combates a incêndio
Geral
Antecipação do INSS poderá ser pedida sem limitação de distância
Geral
Nota MS Premiada terá o 8° sorteio de R$ 300 mil nesta quarta
Geral
Outubro pode começar sem toque de recolher
Geral
Vídeo: "Homem enfiando no c* do outro não é de Deus”, diz mulher ao ameaçar casal gay
Geral
Capital perde Pierre Adri
Geral
Super salário é a "cruz" para Harfouche na campanha
Geral
Empresa cria aplicativo para detectar incêndios e desmatamento
Geral
Homem visita academia, passa mal e morre em Campo Grande
Geral
MP e Fiems unem-se contra compra de votos

Mais Lidas

Cidade
Lei que prevê multas e punições para quem passar trote no 190 e 193 foi sancionada hoje
Justiça
Bolsonaro sanciona lei sobre maus-tratos a animais acompanhado do pitbull Sansão em Brasília
Polícia
Jovem é assassinada com oito tiros na Capital
Cidade
Funsat Itinerante vai atender na Vila Popular nos dias 01 e 02 de outubro